Rumo ao Draft: AJ Griffin

A classe de 2022 promete ser das mais talentosas que a NBA viu nos últimos anos. Nesta rúbrica, analisamos diariamente algumas das maiores promessas que estarão na NBA no próximo ano, dando a conhecer o perfil de cada um. Hoje o nosso “alvo” de análise é AJ Griffin, da Universidade de Duke.

Griffin tem apenas 18 anos e 1,98 metros de altura; atua como small foward e tem como principal “arma” o lançamento exterior, sendo um jogador que poderá encaixar em qualquer equipa, pois é muito eficaz no “catch and shoot”, procurado por muitas equipas que gostam de circular a bola. É um bom atacante, sabendo penetrar nas defesas adversárias caso necessário, utiliza bem a sua estrutura física para defender, embora seja um aspeto a melhorar quando chegar à NBA. Atlético, veloz e eficaz, pode ser também um jogador explosivo no “fast break”.

O seu maior defeito, tal como já referi anteriormente, é o jogo defensivo. Pode demonstrar alguma lentidão a defender, e ser facilmente “cortado” do cenário com um simples “pick n´roll”. No plantel de Duke tinha a função de “shooter” essencialmente, existindo sempre uma incógnita em relação ao seu rendimento quando a eficácia não está no seu melhor. Com a chegada à liga tem espaço para ir melhorando as suas mecânicas de lançamento, assim como outros aspetos.

Parece-me um bom jogador para os Minnesota Timberwolves, que carecem um pouco de um jogador com estes atributos. Também os Kings poderiam encaixar Griffin no seu sistema, para começarem a implementar uma dinâmica de jogo exterior no seu jogo, algo que se perdeu com a troca de Tyresse Haliburton para Indiana. Seria interessante ver o jogador nos Toronto Raptors, visto que o seu pai é treinador assistente.

Vasco Oliveira

Estudante de Ciências da Comunicação com a aspiração de um dia poder trabalhar no mundo da NBA. @vascoliveira8 no Twitter

Deixe uma resposta