Porzingis, um regresso de sucesso

Os Washington Wizards esperaram quase um mês para ver jogar o jogador que contrataram na noite do final do prazo de transferências. Kristaps Porzingis chegou à capital em fevereiro passado, transferido em troca por Spencer Dinwiddie e Davis Bertans. Mas uma lesão no joelho mantém o jogador fora desde 29 de janeiro. Assim, fez o seu regresso com uma grande estreia na noite de domingo contra os Indiana Pacers.

“Estou feliz por estar de volta ao campo. Tentei manter a calma, não exagerar e jogar da maneira certa. Mas o mais importante é que vencemos”, confidenciou o letão.

Os Wizards venceram por 133-123 com impacto imediato do ex-All-Star. Limitado a 21 minutos, isso não o impediu de terminar como o melhor marcador da equipa com 25 pontos marcados, 7 em 12 nos lançamentos de campo, incluindo 3 em 4 de três pontos, mas também 8 em 10 no lances livre. A sua presença trouxe problemas para a defesa dos Pacers, acrescentou 5 ressaltos e 2 desarmes.

“Honestamente, fiquei agradavelmente surpreendido com a sua condição física”, observou o treinador, Wes Unseld Jr. “Eu sei que tenho de ter cuidado com a sua utilização, mas saiu-se muito bem.”

Esse é sempre o grande problema com Kristaps Porzingis. O seu talento é inegável. Mas o físico nem sempre acompanha e muitas vezes está lesionado, ou em fase de recuperação. 

Deve ser capaz de continuar a fazer os seus 20 pontos e 8 ressaltos regularmente. Será um verdadeiro achado para os Wizards, se estiver saudável para jogar com Bradley Beal.

Deixe uma resposta