Os Esquecidos – Nº10. Moses Malone o “Chairman of the Boards”

Durante 10 dias vamos nomear os 10 jogadores mais underrated da história da NBA. Existem muitos e a lista vai também depender da opinião pessoal. Os que vos vou deixar aqui foram, na minha opinião, jogadores que marcaram o jogo de uma maneira ou de outra mas que no final foram esquecidos por muitos fãs da NBA.

10. Moses Malone

  • Anos: 1974-1995
  • Pontos: 20.3 por jogo ( 29580 no total – 9º em Ranking)
  • Rebounds: 12.2 por jogo ( 17834 no total – 3º em Ranking)
  • Win Shares: 179.14 (15º em Ranking)

Quando falamos em Malone, em geral, o primeiro nome que nos vem à cabeça é de Karl Malone. Contudo antes do “Mailman” chegar à NBA, já havia outro Malone que dominava os campos por onde passava. Falamos de Moses Malone, 3x MVP e campeão da NBA pelos Philadélfia 76ers em 1983.

Nascido em Pittsburgh, Virginia em 1955, Moses Malone era filho único e desde cedo mostrou gosto pelo basquetebol. No secundário ganhou dois títulos consecutivos onde se manteve invicto durante os 50 jogos que realizou nesses dois anos.

Foi draftado directamente do secundário para ABA na 3ªa ronda pelos Utah Stars, onde fez uma incrível época de rookie, 18.8 ppg. 14.6 rpg em 57.1% de eficácia de campo, que lhe valeu a selecção para o ABA all-star e para a all-ABA rookie first team.
No ano seguinte é vendido aos Spirit of Saint Louis para ajudar a pagar as dividas dos Star’s onde volta a fazer uma época razoável.

Mais um ano mais mudanças

A fusão da NBA com a ABA acontece então em 1976, mas a equipa de Moses não é uma das escolhidas para ficar na NBA. Assim sendo Malone é draftado para os New Orleans Jazz, contudo ele é dispensado e colocado no draft de dispensados de 1976. Assim sendo os Portland Trail Blazers aproveitam e seleccionam Malone como 5ª pick. Contudo, acreditando que o plantel tinha dois jogadores muito similares (Malone e Maurice Lucas), os Blazers decidem trocar Malone para os Buffalo Braves. Malone joga assim dois jogos pelos Blazers mas é trocado para Houston devido a conflitos salariais.

Houston Rockets e os Primeiros MVP’s

A primeira época de Malone na NBA corre dentro do previsto finalizando com 13.1 ppg , 13.4 rpg e bate ainda o recorde de mais offensive rebounds por jogo numa época com 476, recorde que este viria mais tarde a quebrar.
Manteve-se em Houston durante 6 anos, onde ganhou o MVP em 1979 (24.8 ppg, 17.6 rpg em 54% de lançamento) e em 1982 (31.1 ppg, 14.7 rpg em 51.9 % de lançamento). Durante estes seis anos, Malone apenas conseguiu chegar a uma final da NBA onde saiu derrotado em seis jogos (4-2) pelas mãos dos Boston Celtics. Assim sendo em 1983 torna-se free angent restrito e assina pelos 76ers num contrato de seis anos (13.3 milhões de dólares).

76ers e o título muito esperado

Em 1982, Malone, atual MVP da liga, chega aos finalistas derrotados da época anterior, os Philadelphia 76ers. Liderados por Julius Ervig e Maurice Cheeks, os 76ers juntavam assim a peça que faltava para ganhar o título da NBA.
A época 1982-83 corre lindamente a Malone onde este volta a conquistar o MVP (24.5 ppg, 15.3 rpg em 50.1 % de lançamento) sendo o único jogador a conquistar dois MVPs consecutivos em duas equipas diferentes. Os 76ers têm uma época brilhante que culmina com uma incrível performance nos playoffs. Perdem apenas um jogo e ganham as finais aos Los Angels Lakers por 4-0 e ,consequentemente, Malone conquista o MVP das finais.
Depois disso algumas lesões começaram a atacar Malone. Ainda assim manteve-se na elite do Basquetebol durante a sua estadia em Philadelphia.

Contas finais

Depois dos 76ers jogou ainda nos Washington Bullets, Atalanta Hawks, Milwaukee Bucks, regressou ainda a Philadelphia e acabou a sua carreira nos San Antonio Spurs.
Feitas as contas aos feitos de Moses :

  • 3x MVP;
  • 1 título da NBA;
  • 1 MVP da final;
  • 12x All-Star
  • 1x ABA All-Star
  • ABA All-Rookie Firts Team;
  • 4x All-NBA First Team;
  • 4x All-NBA Second Team;
  • 1x NBA All-Defensive First Team;
  • 1x NBA All-Defensive Second Team ;
  • NBA’s 50th Anniversary All-Time Team;
  • Camisolas 2 retirada dos 76ers;
  • Camisola 24 retirada dos Rockets;

Teve um dos melhores picos da NBA na sua primeira época de MVP e é o lider em total offensive rebounds da NBA com
7382 , mais 2566 que o segundo classificado Artis Gilmore. Ainda assim, apesar de tudo o que fez pelo jogo, é muitas vezes esquecido quando falamos no melhor centro da história da liga. Em geral as listas incluem jogadores como Shaq, Kareem, Olajuwon e vão até jogadores como Howard e Ewing muitas vezes sem referir Moses Malone que teve uma incrível carreira na NBA.
Apesar disto tudo ocupa “apenas” o 10º lugar porque sendo 3x MVP e um campeão da NBA, de uma maneira ou de outra, este nome já passou pelos olhos de muita gente.

Facto Curioso

Durante a sua carreira na NBA, Moses tentou 11 triplos e marcou apenas 1- feito no seu ultimo jogo da carreira – e foi de um lado ao outro do campo.
Nota: no video abaixo pode-se ver as 10 melhores jogadas de Moses na NBA ( no final aparece o famoso triplo).

One thought on “Os Esquecidos – Nº10. Moses Malone o “Chairman of the Boards”

Deixe uma resposta