Os Atlanta Hawks ganharam um jogo sem marcar qualquer ponto

O jogo entre os Atlanta Hawks e Miami Heat na época de 2007/08 foi um dos jogos mais estranhos da história da NBA.

Durante esse jogo, a 19 de Dezembro de 2007, os Hawks derrotaram os Miami Heat por 117-111. Mas, o marcador de mesa fez um erro. Em vez de registar uma falta a Udonis Haslem, registou-a em Shaquille O’Neal quando faltavam 3:24 para terminar o 4º período. Mais tarde no jogo, quando faltavam 51.9 segundos para acabar o prolongamento, Shaq fez uma falta. Teria sido a sua 5ª falta, mas o erro anterior fez com que fosse a 6ª falta e foi expulso do jogo.

Após uma análise posterior da NBA, a Liga decidiu que as 2 equipas teriam que repetir os últimos 51.9 segundos do prolongamento, visto que tinha existido esse erro da mesa (o árbitro tinha dado a correta indicação na altura).

As equipas tinham jogo marcado a 8 Março de 2008 pelo que, antes do jogo, o final do jogo anterior tinha de ser repetido. Curiosamente, o jogo terminou de forma estranha, pois nenhuma equipa marcou pontos, pelo que se pode dizer que os Hawks acabaram por vencer o jogo sem marcar pontos.

O engraçado disto tudo é que o Shaq era a peça central desta repetição mas, quando a repetição se realizou, o Shaq já tinha sido trocado para os Phoenix Suns!

Os Hawks aproveitaram e fizeram uma “entrevista a Shaq” a brincar com esta situação.

Para terminar, também Charles Barkley divulgou o que ele gostava de mudar se tivesse 51.9 segundos!

Rui Leite

Viciado em NBA e adepto dos Sixers desde que um certo baixinho andou lá a espalhar magia.

Deixe uma resposta