Benfica anunciou treinador para a equipa feminina

Depois da saída de Isabel dos Santos, a aposta do Benfica recaiu em Eugénio Rodrigues, que estava ao comando do Olivais FC. O treinador natural de Coimbra, estava há duas épocas no Olivais, tendo vencido um Campeonato, Supertaça, Taça de Portugal e Taça Federação. A carreira começou no SC Coimbrões, seguindo para Académico FC, CPN, Juvemaia. Treinou no estrangeiro também, na Dinamarca e Roménia. Conta igualmente com um longo trajeto nas seleções nacionais femininas.

“A experiência internacional, quer ao serviço das seleções, quer ao nível dos clubes, foi fundamental. O contacto com outras realidades, exigências, costumes e regras foram determinantes neste caminho que ainda hoje construo. Sair da zona de conforto, ser confrontado com outras questões que não enfrentamos dentro de portas abriu um sem-número de novos horizontes, com reflexos evidentes nas equipas que treino”, disse o treinador ao site do SL Benfica.

“Sou alguém que privilegia a intensidade, o rigor e a leitura do jogo. As equipas que treino normalmente têm esse cunho. São intensas, rigorosas no cumprimento das regras, e sendo certo que cabe ao atleta tomar as decisões, o entendimento e a interpretação das várias componentes do jogo por parte deste são fundamentais. Finalmente, sem muito trabalho nada se consegue pelo que essa será a base de tudo”, apontou o treinador.

Há em mim um misto de ambição e sonho com o realismo e objetividade que se impõem sempre que avançamos para uma nova época e, neste caso, para um novo projeto. A ambição e o sonho não podem ser outros que não seja ‘vencer’. Os passos a dar para atingir esse propósito é que terão de ser muito pragmáticos e objetivos. A ilusão é importante, mas a razão também tem de estar sempre lá”, concluiu.

Deixe uma resposta