“O nosso foco não pode estar no basquetebol”

Os Milwaukee Bucks decidiram boicotar o jogo frente aos Magic, devido aos recentes acontecimentos nos EUA, que resultaram no ferimento grave através de disparos de Jacob Blake por oficiais da polícia.

Após a equipa de Giannis ter saído para o aquecimento, imediatamente fez de novo o caminho de volta aos balneários. Durante o período de espera nos balneários, os responsáveis da equipa contactaram o governo do Wisconsin para se informarem sobre como proceder.

Segundo relatos, os principais mobilizadores da recusa em entrar em campo foram George Hill e Sterling Brown- este último que está em tribunal num processo entre o jogador e a polícia do Wisconsin por alegada brutalidade policial.

Bucks' boycott in wake of Jacob Blake shooting leads NBA to postpone three  playoff games
Jogadores uniram-se em torno da causa

Alguns momentos mais tarde, a equipa lançou um comunicado oral, em direto, explicando os motivos pelos quais não estavam reunidas as condições para fazerem o que mais amam, jogar basquetebol.

As restantes equipas que estavam programadas para jogar na noite de ontem também acederam ao movimento lançado pelos Bucks, e por isso os jogos do dia de ontem foram todos adiados.

João Pinto

Licenciado em Direito- Universidade Católica Portuguesa; Apaixonado pelo desporto e pela melhor liga do mundo; Fã dos Boston Celtics desde 2009, desde que um certo trio andou por lá a provocar estragos

Deixe uma resposta

<--bit--><--ti-->