Antigo jogador do Sporting, assume seleção masculina

A notícia passará relativamente despercebida, mas tem uma ligação a Portugal. Julio Lamas, o treinador da seleção masculina do Japão, deixou o cargo após 4 anos. Acaba de ser substituído por Tom Hovasse, cujo nome provavelmente não significará muito para quem não acompanhou o torneio feminino nos últimos Jogos Olímpicos.

No entanto, é um verdadeiro mágico que chega ao banco nipónico. Em poucos anos, o americano, que mora no Japão há mais de 15 anos, transformou a seleção feminina numa máquina de guerra impressionante que surpreendeu todos neste verão nas Olimpíadas. Com uma grande eficiência de jogo, as japonesas chegaram à final do torneio, derrotadas apenas pela equipa dos EUA na final.

Por exemplo, as candidatas França e Bélgica, perderam com o Japão, assistiram ao vivo às habilidades de Tom Hovasse na liderança do grupo.

Como jogador, passou pelo Sporting em 1989-1990, conta também com uma breve passagem pelos Atlanta Hawks em 1994.

A missão de Hovasse será fazer com que a seleção masculina atue no Mundial de 2023, que será disputado também no Japão. Na Terra do Sol Nascente existem dois jogadores da NBA atualmente, Rui Hachimura, em Washington, e Yuta Watanabe, em Toronto. Com a seleção feminina, não precisou de nenhuma jogadora da WNBA para derrotar todos os seus oponentes, exceto a equipa dos EUA.

Cuidado com o Japão!

Deixe uma resposta