Antiga estrela junta-se aos interessados

Enquanto Robert Sarver anunciou intenção de venda dos Phoenix Suns, os potenciais compradores mostram-se numerosos. Os dois homens mais ricos do mundo, Elon Musk e Jeff Bezos, estariam na disputa para assumir a organização. Diante destes pesos pesados, Shaquille O’Neal sabe que não é fácil. Mas isso não o impede de querer a sua parte.

Shaq, que estava a pensar em comprar as ações de Sarver dos Suns, rapidamente abandonou a ideia. Com os seus ativos de cerca de 400 milhões de dólares, o ex-poste dos Lakers não joga na mesma categoria dos seus concorrentes, alguns dos quais com mais de 100 bilhões. Vendo os outros nomes da lista, preferiu retirar o seu caso imediatamente.

“Eu estava disponível a comprar a equipa até ver as iniciais ‘JB’. Deixe-me dizer uma coisa, não estamos a ir com James Brown, não chegamos a Jeff Bezos. Quando eles sobem ao palco, temos de mexer e ir embora. […] Não vou colocar o meu nome desta vez”, explicou no seu podcast.

No entanto, O’Neal não desistiu completamente do seu objetivo. Pelo contrário, estaria bastante disposto a seguir Bezos no seu investimento, como proprietário minoritário. 

“Se ele me quiser nesta, ficarei feliz em falar com ele “, disse ele ao TMZ.

Na sua carreira, Shaq passou pelos Suns como jogador. Jogou cem partidas em Phoenix, depois dos seus melhores anos em Los Angeles com Kobe Bryant e o título com Dwyane Wade nos Heat. Shaquille O’Neal também fez parte de um grupo de donos da NBA, dos Kings, entre 2013 e 2022. É para ele um terreno familiar, que aparentemente espera encontrar em algum momento.

Deixe um comentário