Académica de Coimbra regressa ao topo do basquetebol nacional

Depois de conseguir vencer o CD da Póvoa por 82-77 no segundo jogo de apuramento, a Académica de Coimbra/Efapel carimbou o regresso à Liga Placard. A Briosa trouxe uma vantagem de 12 pontos do primeiro jogo de sexta-feira e voltou a vencer na Póvoa de Varzim.

O Póvoa tinha a missão de recuperar a desvantagem, sendo que as equipas começaram a partida num ritmo elevado, com transições rápidas, na qual os jogadores da Académica começam a ficar limitados em termos de faltas, obrigando o treinador Ivo Rego a mexer cedo na equipa base. O primeiro período é equilibrado e acaba com um 26-25 para o Póvoa. Anthony Smith, do Póvoa, entrou a todo o gás neste segundo jogo, marcando 13 pontos no primeiro período.

No segundo, a Académica começa a ganhar vantagem, com uma boa defesa, e ganha o período por 21-13. Ao intervalo regista-se o resultado de 39-46, e as contas estavam difíceis para o Póvoa.

No terceiro período, os pupilos de José Ricardo regressam melhor, onde os norte-americanos do Póvoa assumem a marcação de pontos, com destaque para Mark Matthews com 14. A Académica equilibrava com um bom jogo interior e rotação dos seus jogadores, destacou-se Daniel Relvão com 7 pontos, 5 ressaltos e dois desarmes de lançamento neste período, que termina com um 23-22 para a Académica.

No início do quarto, surge Malcolm Richardson com 8 pontos em pouco mais de 2 minutos, e o resto do período acaba com o Póvoa a tentar uma aproximação no marcador, sendo jogado a um ritmo mais lento.

A equipa de Coimbra segue assim para a Liga Placard onde não marca presença desde 2013/14. Com início marcado para 10 de outubro, irá estrear-se na Liga com uma receção ao FC Porto.

O CD da Póvoa teve uma participação digna nesta eliminatória, e será um candidato na Proliga, começa a 17 de Outubro com uma visita ao Sampaense.

Deixe uma resposta

<--bit--><--ti-->