Timberwolves vencem Warriors com polémica

Os Minnesota Timberwolves e os Golden State Warrior foram protagonistas de um jogo fantástico, com um pouco de tudo, desde mudanças no marcador a polémica arbitral.

O jogo começou com os Warriors por cima, com Stephen Curry on fire, com vários triplos, e com a equipa a fazer o seu jogo se circulação de bola rápida. Sem surpresas, o resultado ao intervalo era 68-54 para os Warriors.

Depois do intervalo os Timberwolves conseguiram um 3° período fantástico, empatando o jogo só nesse período, com Wiggins em grande, e Stephen Curry mais apagado no período. O resultado era de 86-86.

No 4° período ambas as equipas estiveram ao seu melhor nível, Curry voltou a aparecer, e do outro lado Karl Anthony Towns e Andrew Wiggins estiveram a bom nível também, conseguindo colocar os Timberwolves em boa posição para ganhar, mas o próprio Wiggins não conseguiu marcar o último lançamento da partida em tempo regular, lançamento de 3. Com isto, as equipas foram para o prolongamento empatados a 115-115.

No prolongamento os Timberwolves estiveram melhor, até aos último minuto, quando surge a polémica, depois de Curry e Green terem colocado os a uma posse de bola de distância, Kevin Durant, com lançamento de 3 para igualar a partida a 5 segundos do fim, sofre falta quando vai a preparar o lançamento, a bola entra, e todos pensavam que o jogo estava ganho se Durant fosse eficaz da linha, mas numa decisão controversa, os árbitros decidiram assinalar falta normal, com base em que a falta foi feita antes do lançamento ser preparado, com isso, os Warriors tinham de voltar a marcar de 3 para empatar, coisa que Curry fez com 4 segundos no relógio, com o seu 8° triplo do jogo. Não se esquecendo da equipa de arbitragem ao festejar. Contudo, nova polémica surgiu, com a apenas meio segundo do final do jogo, foi assinalada falta de Durant sobre Towns, também algo discutível, da linha, Karl Anthony Towns marcou um dos 2 lançamentos e ofereceu a vitória aos Timberwolves. Um grande jogo, que merecia ter terminado de outra maneira, resultado foi de 131-130.

Stephen Curry esteve em grande e fez de tudo para ganhar o jogo, marcando 37 pontos, e fazendo 5 assistências.

Andrew Wiggins foi o melhor dos Timberwolves com 24 pontos e 9 assistências.

Com a vitória os Timberwolves ficam com registo de 34-41, no 10° lugar da conferência Oeste, onde os Warriors foram igualados pelos Nuggets, com registo de 51-24, com vantagem para a turma de Oakland no confronto directo.

Márcio Dias

Natural e residente do Porto Licenciado em Línguas, literaturas e culturas na FLUP Fã de múscia, cinema e literatura, apaixonado por desporto e em particular por basquetebol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *