Histórico: Toronto Raptors sagram-se Campeões da NBA!

Dia histórico para para os Toronto Raptors, o dia em que se tornaram pela primeira vez na história da equipa, como Campeões da NBA. Numa época em que a equipa arriscou todas as fichas para conseguirem algo mais, todas as expetativas foram superadas, e o título foi o destino final de uma viagem que ficará na história da liga.

Frente aos poderosos e super favoritos Golden State Warriors, os Toronto Raptors apresentaram-se na grande final com toda a força, enfrentaram os ex-campeões com muita garra, e ao fim de 6 jogos conseguiram vencer por 4-2.

Foram precisos 6 jogos para encontrar os novos campeões da NBA, numa altura em que os Golden State Warriors tinham conseguido vencer o jogo 5 em Toronto, e no último jogo na Oracle Arena, os Warriors foram incapazes de levar a final ao jogo 7.

Esta época os Toronto Raptors deslocaram-se por 4 ocasiões à Oracle Arena para defrontarem os Golden State Warriors, e por 4 vezes saíram vencedores.

O último jogo desta série foi carregada de emoção, pela ausência de Kevin Durant que deverá ficar de fora durante 1 ano com a lesão que sofreu no jogo 5 onde rompeu o tendão de Aquiles, e ficará para sempre marcada pela lesão de Klay Thompson quando os Warriors pareciam estar a carimbar a vitória do jogo.

Os Toronto Raptors entraram bem no jogo, com Kyle Lowry a abrir o marcador com 11 consecutivos para a sua equipa, mas rapidamente os Golden State Warriors responderam e ao final do primeiro período somavam-se muitos pontos no marcador mas a diferença era de 1 ponto com vantagem para os Raptors (32-31). O jogo chegou ao intervalo com os Toronto Raptors a vencerem por 3 pontos (60-57) e previa-se uma difícil missão para os Warriors conseguirem levar a final para o jogo 7.

Como é imagem de marca dos Golden State Warriors, a equipa entrou com toda a força na segunda-parte do jogo, e liderados por Curry e Thompson, os Warriors conseguirem passar para a frente do marcador, ganhar o ímpeto do jogo com Thompson num grande momento, mas é então que o momento do jogo acontece, com Klay a avançar no campo para um cesto que parecia fácil, mas num lance dividido acabou por cair mal com o joelho esquerdo e não foram precisos muitos instantes para perceber que seria algo grave. O jogador saiu para os balneários, mas regressou para converter os lances livres e assim poder continuar em jogo (diz a regra que se um jogador sofrer falta e não marcar os lances livres por estar a ser assistido não poderá regressar ao encontro), atitude de louvar de Klay Thompson que, depois de converter os 2 lances livres, regressou aos balneários e depois de realizar alguns exercícios, foi dada a notícia que não iria voltar para o encontro. Klay Thompson saiu de jogo com 30 pontos e 5 ressaltos, 4-6 em lançamentos de 3 pontos, em apenas 32 minutos de jogo.

Os Golden State Warriors conseguiram vencer o parcial do terceiro período por 31-26 mas a equipa sentiu este momento dramático de Klay Thompson, nomeadamente Stephen Curry que foi visível a tristeza do jogador.
No último período da época, os Toronto Raptors entraram determinados em alcançar o título, lutaram com toda a força, frente a uns Warriors claramente afetados por tudo o que tem acontecido, apesar disso a luta deu-se até ao último segundo do jogo mas a vitória acabou mesmo por ser dos Toronto Raptors por 114-110.

Destaques

Klay Thompson não terminou o jogo, não jogou sequer o último período do jogo, mas pelos 30 minutos que teve em campo encheu o jogo de classe e foi mesmo o melhor marcador do encontro com 30 pontos. Destaque ainda para Iguodala que marcou 22 pontos, Curry com 21 e Draymond Green somou mais um triplo-duplo com 11 pontos, 19 ressaltos e 13 assistências.

Do lado dos Toronto Raptors Kyle Lowry foi dos melhores em campo ao somar 26 pontos e ainda 7 ressaltos e 10 assistências. Também Siakam marcou 26 pontos, Leonard com 22 pontos e vindo do banco, o “joker” desta final VanVleet com 25 pontos.

Deixe uma resposta