Previsão Play-In: Memphis Grizzlies vs San Antonio Spurs

Hoje temos mais uma noite de Play-In, e para começar, o jogo entre o 9º e 10º lugar da Conferência Oeste. Quem vencer o jogo, irá defrontar o vencido do jogo entre os Lakers e os Warriors. Quem perder, a sua época termina.

Memphis Grizzlies

Os Memphis Grizzlies terminaram a época regular na 9º posição da Conferência Oeste, com um recorde de 38-34. Em termos ofensivos, os Grizzlies terminaram a época em 15º lugar de offensive rating. Em termos defensivos, terminaram a época em 7º lugar de defensive rating. No que toca a pace, os Memphis Grizzlies terminaram a época em 8º lugar.

Como já é norma esta época, os Grizzlies tiveram imensas lesões. Neste departamento, a lesão mais sonante foi a de Jaren Jackson Jr, que impediu o jogar de participar em grande parte da época, dado que, apenas voltou no último terço. Na ausência de Jaren Jackson Jr, os Grizzlies usufruiram de uma grande produção de Jonas Valaciunas, que dominou o jogo interior, especialmente a nível de ressaltos. Com o contínuo desenvolvimento de Ja Morant e Dillon Brooks, os Grizzlies apresentaram um basquetebol muito coletivo quer ofensivamente, quer defensivamente. É uma equipa que gosta de jogar em transição, sendo a equipa que concretiza mais pontos em fastbreak da NBA.

San Antonio Spurs

Os San Antonio Spurs terminaram a época regular na 10º posição da Conferência Oeste, com um recorde de 33-39. Em termos ofensivos, os Spurs terminaram a época em 19º lugar de offensive rating. Em termos defensivos, terminaram a época em 17º lugar de defensive rating. No que toca a pace, os San Antonio Spurs terminaram a época em 15º lugar.

Os Spurs começaram a época com LaMarcus Aldridge no plantel, que posteriormente assinou pelos Nets, e infelizmente terminou a carreira devido a motivos de saúde. Dessa forma, a equipa de San Antonio (especialmente no jogo interior), tem algumas cadências. Keldon Johnson foi o sucessor de Aldrdige, e o jovem jogador tem tipo um crescimento exponencial desde a aposta no crescimento dos seus minutos. No entanto, a área mais fraca da equipa de San Antonio foca-se no frontcourt. DeRozan adicionou uma componente de facilitador de jogo, tendo esta época, o maior número de assistências por jogo na sua carreira (6.9).

Matchup e Previsão

No confronto direto da época regular, as duas equipas encontraram-se 3 vezes, sendo que, os Grizzlies venceram a série 2-1. No entanto, o último jogo disputado entre as duas equipas ocorreu 2 de Fevereiro, resultando numa vitória dos Grizzlies por 133-102. Dessa forma, os confrontos acabam por não se traduzir num fator predictor, devido às alterações táticas e a nível de plantel das duas equipas. O que diferencia as duas equipas, baseado nos dados da época regular, é o pace. Os Grizzlies jogam num tempo mais rápido que os Spurs.

Em termos indiviuais, para a equipa dos Spurs, DeRozan terá que ter um papel significativo na criação de jogadas para si e para a sua equipa. No lado dos Grizzlies, o domínio de Valaciunas no interior, será uma das grandes armas da equipa. Aliado a isso, a velocidade de Ja Morant em fast break, poderá causar grandes dificuldades na defesa dos Spurs.

Em modo de previsão, os Grizzlies são a equipa que defende melhor e que consegue meter mais velocidade no jogo ofensivamente. Apesar de os Spurs jogarem de forma muito coletiva, algo muito comum em equipas de Poppovich, os Grizzlies acabam por esta época mostrarem-se superiores nesse aspeto também. Dessa forma, os Grizzlies têm uma grande vantagem para este jogo, no entanto, não se pode descrebilizar a experiência tática de Poppovich em ambiente de Post-Season.

João Pereira

Amor incondicional pela magia do basquetebol! Adepto de NBA e dos Miami Heat! #HEATCulture

Deixe uma resposta