Playoffs em análise: Minnesota Timberwolves (15/16)

Será que os Wolves conseguem fazer um dos maiores “upsets” deste ano?

Os Timberwolves chegaram com vontade de atropelar tudo o que lhes aparecesse à frente. Têm estado melhor do que a maioria esperava. A verdade é que aquela defesa não é nada de especial, mas ofensivamente a equipa tem sido soberba.

KAT tem tido boas performances, mas se querem ultrapassar os Grizzlies terá de mostrar que é uma verdadeira estrela. Por falar em estrela, a que mais brilha em Minnesota é, de longe, Anthony Edwards – a calma em pessoa. É impressionante como este jovem consegue ter desempenhos tão bons ao mais alto nível, como se nada fosse. Parece que está a jogar com os amigos no intervalo. Zero preocupações mas altas ambições.

Os Wolves por várias vezes estiveram na liderança dos jogos mas não conseguem manter a vantagem. Há culpa no treinador nestes casos, mas ainda há tempo para dar a volta. Com o próximo jogo em Minnesota, acredito que consigam empatar a série, e depois vale tudo. Pode passar qualquer um, apesar dos favoritos serem, de todo o modo, os Grizzlies.

João Araújo Correia

Licenciado em Direito, 23 anos e sou fã incondicional dos Clippers desde a era da Lob-City. Desde pequeno que adoro basquetebol, tanto de ver como jogar! Apesar do Patrick Beverly estar enganado quanto aos próximos 5 anos serem dos Clippers, espero que seja, pelo menos, 1!

Deixe uma resposta