“Ones to Watch 22/23”: Jamal Murray

“Ones to Watch 22/23” consiste em analisar ao pormenor um jogador de cada equipa da NBA, que tem muito para provar na temporada que se avizinha. Os jogadores são selecionados conforme a sua situação atual, como por exemplo, um jogador regressado de lesão, um jogador que tem a “obrigação” de se afirmar, um jogador que foi recentemente adquirido, etc. A rúbrica funcionará por ordem alfabética de equipas e será lançada todos os dias até ao começo da temporada.

É um dos regressos mais esperados desta temporada. Após a lesão que o deixou de fora durante a época passada inteira, Jamal Murray está de volta e, se voltar bem, será uma das peças mais importantes para fazer tremer a conferência Oeste.

Os Denver Nuggets têm sido nas últimas temporadas uma das equipas mais consistentes no que à fase regular diz respeito. Mas, para além de uma chegada às finais de conferência na “bolha” em 2020, a equipa deixa um pouco a desejar nos playoffs. É por isso que o regresso de Jamal Murray é muito importante para fazer a equipa do Colorado sonhar com um título. O jogador lesionou-se em Abril de 2021, tendo sido ausência nos últimos dois playoffs.

Murray é um jogador inteligente, com um instinto diferente. Utiliza muito a sua velocidade para executar um estilo de jogo rápido, tanto a marcar como a distribuir. O seu lançamento, tanto interior como exterior, é consistente, tendo sempre acima de 50% de eficácia nas suas temporadas na NBA (exceto a primeira). A nível defensivo não tem a capacidade física para ser um grande defensor, mas consegue alguns roubos de bola, assim como alguns ressaltos.

Caso volte com uma boa forma, Jamal Murray poderá tornar os Denver Nuggets num problema ainda mais sério. Com o MVP Jokic, e alguns jogadores como Michael Porter Jr, Aaron Gordon, Demarcus Cousins e Kentavious Caldwell Pope, os Nuggets têm um plantel muito completo, e com algumas chances.

Em baixo fica a sua fantástica performance nos playoffs de 2020, frente aos Jazz.

Vasco Oliveira

Estudante de Ciências da Comunicação com a aspiração de um dia poder trabalhar no mundo da NBA. @vascoliveira8 no Twitter

Deixe uma resposta