“Ones to Watch 22/23”: Ja Morant

“Ones to Watch 22/23” consiste em analisar ao pormenor um jogador de cada equipa da NBA, que tem muito para provar na temporada que se avizinha. Os jogadores são selecionados conforme a sua situação atual, como por exemplo, um jogador regressado de lesão, um jogador que tem a “obrigação” de se afirmar, um jogador que foi recentemente adquirido, etc. A rúbrica funcionará por ordem alfabética de equipas e será lançada todos os dias até ao começo da temporada.

Depois de uma temporada com números de MVP, Ja Morant foi recompensado com a renovação de contrato de 5 anos no valor de 193 milhões de dólares, que poderá chegar a 231 milhões. O jovem de 23 anos demonstrou o seu valor, e afirmou-se como um dos melhores bases da liga, e liderou os Memphis Grizzlies ao segundo lugar da conferência Oeste, igualando o recorde de 56 vitórias da equipa numa só temporada.

Morant teve médias de 27.4 pontos, 6.7 assistências e 5.7 ressaltos por jogo. É um base moderno, com características fora do normal. O seu estilo de jogo é baseado na velocidade e no seu atleticismo, que o tornam num dos jogadores mais interessantes e “disfrutáveis”. A sua explosividade junto ao cesto é um perigo para qualquer defesa que se coloque no seu caminho, sendo também muito talentoso no drible, tendo uma facilidade invulgar de chegar perto do aro adversário. O seu lançamento é muito bom, tanto interior, como exterior. Na defesa tem vindo a melhorar o seu jogo, sendo bastante ativo e conseguindo roubos de bola no eixo defensivo, que normalmente resultam em transições rápidas e eficazes.

Mas porquê colocar Ja Morant nesta rúbrica, se todos os olhos já vão estar postos nele? A resposta é simples: esta temporada tem tudo para ser ainda melhor que a anterior.

Os Grizzlies não mexeram muito no plantel durante o verão, querendo manter o “núcleo” jovem da equipa. Isto significa que com uma equipa mais evoluída, com o regresso de Jaren Jackson Jr em vista, e a adição de um shooter experiente como Danny Green, os Grizzlies têm tudo para voltar a repetir o feito da temporada passada, e quem sabe, ter mais sucesso nos playoffs.

Ora, se o processo ascendente de Ja Morant continuar, a sua temporada será também melhor que a anterior, podendo elevar ainda mais os seus números e, quem sabe, ser um dos principais candidatos ao prémio de MVP.

Vasco Oliveira

Estudante de Ciências da Comunicação com a aspiração de um dia poder trabalhar no mundo da NBA. @vascoliveira8 no Twitter

Deixe uma resposta