O motivo da separação entre Kawhi e os Spurs

Kawhi Leonard é um dos melhores (se não o melhor) jogadores do mundo. Foi escolhido na décima quinta posição do draft pelos Indiana Pacers, mas uma troca acabou por levá-lo para San Antonio.

Esteve durante 8 épocas na equipa texana, onde os liderou até ao título em 2014, e ao seu melhor recorde na temporada regular em 2016. Porém, uma novela acabou por mudar o seu rumo, e aquele que parecia vir a ser uma eterna lenda em San Antonio abandonou a equipa no verão de 2018. Mas porquê?

Tudo começa no final da época 2016-2017, os Spurs estavam nas finais da conferência Oeste. Kawhi era a principal figura da equipa, e muitos já sonhavam com o título. Até que num lance com Zaza Pachulia o astro acaba por sair com uma grave lesão. Lance esse que parece bastante intencional (isto posso ser só eu que sou fã dos Spurs a dizer), mas confira por si mesmo:

Zaza lesiona Kawhi Leonard no primeiro jogo das finais da conferência Oeste 2016-2017.

Uma opinião mais pessoal, mas quando se falou do “festejo” da lesão de Kevin Durant parte dos adeptos dos Raptors, muitos esquecem este episódio em que as bancadas foram ao rubro quando Kawhi deu a indicação que não podia continuar.

Os Spurs lideravam o jogo por 76-55 com Kawhi em campo, e desde a saída do mesmo que a equipa foi abaixo e acabou por perder. Foram afastados por 4-0 nesta série e Kawhi ficava de fora na próxima temporada.

Melhores momentos de Kawhi em 2016-17.

Na época seguinte, Tony Parker lesionou-se e o que parecia uma lesão grave, foi tratada rapidamente pelo staff médico dos Spurs. Já com Leonard, a situação não era a mesma, e o mesmo chegou a ser levado para Nova Iorque para receber tratamentos, sentindo-se posto de parte pela equipa.

Este foi o principal motivo para a saída do jogador, jogou apenas 9 jogos naquela época, nenhum deles nos playoffs. Os Spurs notaram que Leonard não queria ficar, e apesar deste ainda ter um ano de contrato, os texanos não quiseram arriscar este sair por custo zero no verão seguinte.

Assim, conseguiram fazer uma troca por DeRozan, Jakob Poetl e uma pick de primeira ronda, enviando também Danny Green para os Toronto Raptors.

Leonard liderou a equipa canadiana até ao seu primeiro título ma época passada, com exibições de loucos nos playoffs. Elogiou diversas vezes o staff médico da equipa, pela maneira como lidava com a sua saúde física.

Apesar de tudo isto, o jogador acabou por sair nesta free agency, cumprindo o seu sonho de jogar em Los Angeles, a sua cidade.

Contudo, levantam-se algumas questões ainda, sobre a atribulada saída dos Spurs. E se Zaza nunca tivesse lesionado Kawhi? Se o staff médico dos texanos tivesse feito mais por ele? Se Parker não se tivesse lesionado, fazendo todas as preocupações do staff recair sobre ele?

Hoje o jogador regressa a San Antonio, onde foi bastante assobiado da última vez. Os Spurs vivem uma das duas piores fases, e talvez se Leonard não tivesse saído a equipa não estaria assim…

Vasco Oliveira

O adepto dos San Antonio Spurs que não consegue esquecer Kawhi Leonard.

Deixe uma resposta