Noites de NBA: 04/02/2019

Pistons não dão hipótese frente aos Nuggets, em Detroit

Ao contrário do jogo anterior em que a equipa de Detroit desperdiçou uma liderança alargada no 3º período, esta madrugada, não só aguentaram a mesma como ainda a alargaram. Andre Drummond atingiu a sua marca de pontos mais alta da época, 27, juntamente com 12 ressaltos e, saídos do banco, Stanley Johnson e Langston Galloway, acrescentaram 21 e 18 pontos, respetivamente. 103-129

Vince Carter decisivo na vitória dos Hawks em Washington

O quarentão marcou 16 pontos em 16 minutos na segunda parte e foi a principal razão para a equipa de Atlanta chegar à 4ª vitória em 7 jogos. Taurean Prince apontou 21 (12 no 4º período) e os rookie Kevin Huerter e Omari Spellman chegaram aos 19 e 16 pontos. Do lado da equipa da casa, quatro jogadores chegaram aos vinte pontos, Beal (27), Ariza (25), McRae (20) e Green (26). 137-129

Bucks seguram o melhor recorde da NBA com triunfo frente aos Nets

Milwaukee entrava esta noite no quinto e último jogo da sequência de jogos fora de casa à procura da 4ª vitória consecutiva. Giannis foi o principal desequilibrador, com 30 pontos, 15 ressaltos e 9 assistências num jogo sem grande história que à entrada do último período já estava resolvido. A equipa de Brooklyn continua a sofrer com bastantes lesões mas recebeu ontem uma grande notícia, a sensção dos primeiros meses da época, Caris Lavert, poderá estar, em breve, de regresso à competição. 113-94

Indiana vence por dois pontos em New Orleans, 109-107

Os Pacers só têm de agradecer a um homem pela vitória desta madrugada, Darren Collison (22 pontos) brilhou nos minutos finais e deu o triunfo à equipa que está refém do seu melhor jogador (Victor Oladipo). Do outro lado, também se encontrava uma equipa sem o seu melhor jogador (Anthony Davis) mas que está a observar o renascimento da 3ª escolha do draft de 2015, Jahlil Okafor, que voltou a brilhar, com 25 pontos e 13 ressaltos.

Harden (quem mais?) brilha e os Rockets oferecem a 11ª derrota consecutiva aos Phoenix Suns

Os 44 pontos do barbudo fizeram-no juntar-se a um grupo restrito de jogadores (Wilt Chamberlain, Michael Jordan e Rick Barry) com 20 jogos de 40 pontos nos primeiros cinquenta encontros da temporada. Harden também acrescentou 8 ressaltos e 6 assistências, enquanto Chris Paul e Kenneth Faried juntaram 18 e 17 pontos, respetivamente. 118-110

Máximo de carreira de Marvin Bagley ajuda na vitória dos Kings frente aos Spurs

Bagley, a segunda escolha do draft deste ano, nunca tinha brilhado tanto como no jogo desta madrugada, o extremo-poste da equipa de Sacramento, saído do banco, chegou aos 24 pontos juntamente com 13 ressaltos, 4 assistências e 3 desarmes de lançamento. Os Kings, uma das equipas surpresa desta época, triunfaram pela 7ª vez consecutiva em casa e aproximaram-se do último lugar de acesso aos playoff que pertence aos LA Clippers. Fox juntou 20 pontos e Hield 18 na vitória por 127-112.

TOP 5 jogadas da noite

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *