Noites DE NBA: 01/02/2019

4º período de alto nível dos Hornets é suficiente para vencer perante os Grizzlies

Num jogo de baixa pontuação (92-100), relativamente aos standards altíssimos desta época, a equipa de Charlotte conseguiu fugir com a vitória nos últimos 12 minutos. Kemba Walker terminou com 23 pontos, Malik Monk com 20, Marvin Williams marcou, já com o jogo no seu término, dois triplos importantíssimos e Biyombo desramou 4 lançamentos nos últimos dois minutos. Memphis jogou sem os lesionados Mike Conley, Kyle Anderson e o rookie Jaren Jackson Jr.

Irving é recebido com aplausos e os Celtics vencem no Madison Square Garden

No meio de todos os rumores sobre as intenções dos Knicks na próxima free agency e sobre a decisão de Kyrie Irving em sair, ou não, de Boston, vimos e ouvimos (cânticos de “We want Kyrie” soaram na arena) os adeptos de Nova Iorque a receber o base em grande e a tentar mostrar como seria o seu futuro na Meca do basquetebol. Irving respondeu com 23 pontos, 10 ressaltos e 6 assitências e, no fim do jogo, disse que os cânticos são apenas uma distração. 113-99

OKC vence em Miami na sétima vitória consecutiva

Em mais uma noite de MVP para Paul George, o extremo anotou 43 pontos, com 10 triplos (máximo na história do franchise) e liderou os Thunder numa vitória fácil por 118-102. Quem mais ajudou PG13 foi o base Dennis Schroder, que saído do banco, marcou 28 em apenas treze lançamentos e Russell Westbrook com mais um triplo-duplo (14/12/14). O jogo ficou logo decidido no fim da primeira parte, com a equipa de Oklahoma a ir para os balneários a vencer por 20.

Utah Jazz dominam em Atlanta, 112-128

No primeiro jogo após o poste Rudy Gobert ficar de fora do jogo ALL-STAR, o mesmo destacou-se, dominando tanto ofensivamente como defensivamente, com 25 pontos (marcou todos os seus 7 lançamentos), 13 ressaltos e 2 desarmes de lançamento. Ricky Rubio respondeu aos rumores que indicam a possibilidade do mesmo ser trocado ao marcar 25 pontos e distribuir 11 assistências. Do lado dos Hawks, destaque para os jovens Trey Young e John Collins, que apontaram 28 e 19 pontos respetivamente.

Malik Beasley brilha e os Nuggets derrotam os Rockets, 122-136

Beasley continuou, esta madrugada, o seu momento de forma impressionante apontando o máximo de carreira, 35 pontos, em apenas 17 lançamentos. Quem também jogou bem, como habitual, foi Jokic, que chegou aos 31 pontos juntamente com 13 ressaltos e 9 assistências. Saído do banco destacou-se Torrey Craig, ao marcar 22. Harden (30 pontos), por pouco que continuou a sequência de jogos a marcar três dezenas ou mais por jogo e Faried apresentou mais um jogo sólido, 23 pontos.

TOP 5 jogadas da noite

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *