NBA 2019/2020: Orlando Magic

Hoje vamos falar de uma equipa muito interessante, apesar das primeiras análises não serem unânimes no que diz respeito às possibilidades desta equipa atingir os Playoffs, estes vão ter uma palavra a dizer e quem sabe se a sorte lhes bater a porta se não voltam a surpreender o mundo da NBA!

O treinador Steve Clifford tem ao seu dispor uma equipa muito versátil, mas com histórico de lesões muito elevada.

Sem uma verdadeira estrela na equipa, não é fácil saber quem vai dar um passo à frente e assumir as rédeas da equipa.

Vamos agora analisar o 5 inicial dos Orlando Magic para a nova época.

Point Guard: D.J. Augustin

Imagem relacionada

Passou a maioria da sua carreira a ser um jogador de rotação, sítio de onde trazia sempre muita energia e pontos.

Vai ser um risco ver como Augustin vai agarrar o papel de titular e assumir a responsabilidade de criar para a restante equipa.

Steve Clifford vê-se sem grandes opções para esta posição, a não ser que Michael Carter-Williams ou até mesmo Markelle Fulz tenham uma evolução astronómica de um ano para o outro.

Shooting Guard: Evan Fournier

Resultado de imagem para evan fournier

Já com algumas épocas com o emblema dos Magic ao peito, Fournier já tem o seu papel como segundo marcador de pontos da equipa definido. Faz parte de uma classe de jogadores que apesar de não serem muito bons em nada, são bons em muita coisa.

Tem tido uma evolução constante e chega a esta fase da sua carreira como um jogador feito. Pode não ser um uma super-estrela, mas consegue aguentar-se entre os melhores da liga.

Small Forward: Aaron Gordon

Resultado de imagem para aaron gordon

Um jovem que deixa a ideia que esta a um pequeno passo de alcançar um patamar de All-Star nesta liga.

Uma capacidade física incrível, consegue facilmente forçar a suas penetrações ao cesto contra os defensores mais pesados da liga, mas se isso não resultar, Gordon não tem nenhum problema em lançar triplos. Um jogador que tem tudo para alcançar outro nível e quem se não o consegue já esta época, o que automaticamente levaria esta equipa para outro patamar.

Power Forward: Jonathan Isaac

Resultado de imagem para jonathan isaac

Isaac já mostrou durante alguns momentos ano passado que pode vir a ser um jogador soberbo, mas a falta de consistência torna tudo mais complicado e neste momento continua a ser uma interrogação em vez de uma certeza. Precisa de melhorar as suas qualidades a nível ofensivo, a nível defensivo apesar de já ser um defensor competente, tem tudo para estar a um nível elite.

Com uma grande amplitude de braços e velocidade, Isaac pode defender jogadores de várias posições. Consegue muitas interceções através de antecipações de passe o que demonstra uma boa leitura de jogo, agora se conseguir limar algumas arestas a nível defensivo e trabalhar muito para evoluir o seu jogo a nível ofensivo, podemos estar perante de umas das maiores evoluções já este ano.

Center: Nikola Vucevic

Resultado de imagem para nikola vucevic

Depois de assegurar um contrato bem mais chorudo este ano, vai ser curioso ver que Nikola vamos ter este ano. Se um jogador que vai continuar a dar tudo em todos os jogos ou se por outro lado um jogador, com novo contrato assinado, vai jogar de uma forma mais defensiva.

Vucevic por onde passa facilmente consegue médias de duplo-duplo e agora começou a lançar de 3 pontos, algo essencial já que Vucevic tem muitas dificuldades quando à sua frente tem postes mais pesados e fortes fisicamente.

Jogadores de rotação: Michael Carter-Williams, Markelle Fultz, Terrence Ross, Wesley Iwundu, Al-Farouq Aminu, Mo Bamba, Khem Birch

Conclusão

Umas das equipas mais difíceis de prever o que vão fazer este ano, se por um lado é fácil colocar novamente esta equipa nos Playoffs por outro também não é difícil colocar esta mesma equipa fora dos mesmos.

Acreditando que vamos ver melhorias em relação ao ano passado, vamos apontar os Playoffs como missão para este ano.

Previsão da época: 38W-44L

Vasco Brito

Licenciado em Marketing, apaixonado por jogos online e tatuagens mas acima de tudo pelo melhor liga do mundo...NBA!

Deixe uma resposta