Lendas da NBA: N°10 – Hakeem Olajwon

Todos os dias iremos dedicar um artigo aquelas que são na opinião do NBA Portugal as maiores lendas na liga, do n° 10 ao n°1.

Na 10a posição da nossa lista encontra-se o fabuloso poste de origem Nigeriana Hakeem “The Dream” Olajwon, um dos jogadores mais marcantes de sempre da história da liga, e da mesma geração de outras lendas como Jordan, Ewing, Stockton, Malone, Pippen, Barkley ou Drexler.

Hakeem Olajwon nasceu na Nigéria e cedo se interessou por basket, mostrando um enorme talento, viajou para os Estados Unidos para jogar pela universidade de Houston, onde chegaria por três vezes à final four das finais universitárias. Em 1984 foi a 1a escolha do draft, escolhido pelos Houston Rockets, à frente de outros mitos como Michael Jordan, Charles Barkley ou John Stockton, entre outros.

Nos Houston Rockets, e numa era em que os “Big men” estavam na moda, fez uma dupla lendária com Ralph Sampson, ficando a dupla conhecida como as “twin towers”, tendo ambos levado os Rockets às finais de 1986 contra os Celtics de Larry Bird, perdendo em 6 jogos.

Hakeem Olajwon estava então a tornar-se numa grande estrela da NBA, com um jogo de pés nunca antes visto, com o seu famoso movimento, que ficaria conhecido como o “dream shake”, que seria dos mais espetaculares e peculiares da história da NBA, que Hakeem diz ter aprendido a jogar futebol, nos seus dias na Nigéria.

Ralph Sampson seria então trocado para os Warriors, e aí Hakeem Olajwon passava a ser o líder incontestado da equipa.

Com a sua grande capacidade defensiva, sendo dos melhores defensores de sempre, e não só na área pintada, aliada à sua versatilidade, liderança e estatura, Hakeem Olajwon era um poste único, a quem só lhe faltava a glória suprema da NBA, isto é, títulos, que era algo difícil de alcançar pois no final da década de 80/início da década de 90 a concorrência era imensa, mesmo na sua conferência, com os Lakers de Magic Johnson a serem a equipa dominante. A nível individual, Hakeem Olajwon ia conseguindo alcançar grandes feitos, sendo o melhor ressaltador em 89 e 90, e líder em desarmes de lançamento em 90, 91 e 93, algo incrível, tendo em conta o número de pontos que marcava também, e pelo facto de nessa época jogarem vários dos melhores ressaltadores da história da liga como Dennis Rodman ou Charles Barkley, ou dos melhores a desarmar como Dikembe Mutombo, outro Africano.

Hakeem Olajwon e os seus Houston Rockets foram a equipa que aproveitou o hiato de Michael Jordan, ganhando o título dois anos seguidos, em 94 e 95, com Hakeem Olajwon a ser o herói das vitórias, e o MVP de ambas as finais. Em 1994 os Rockets bateram os New York Knicks, outra grande equipa que não tinha ganho o título por causa dos Bulls de Jordan, por 4-3. Essa final ficou marcada por um duelo intenso com Patrick Ewing, com quem tinha uma rivalidade saudável, já dos tempos universitários, onde aí a equipa de Ewing levou a melhor.

Era o auge na carreira de Hakeem Olajwon, que em 1994 tornou-se o primeiro e único jogador a ser MVP, Defensive Player of the Year e MVP das finais. Em 1995 o adversário foi os Orlando Magic dos emergentes Shaquille O’Neal e Penny Hardaway, desta vez os Rockets venceram as finais por esclarecedores 4-0, com Hakeem mais uma vez a vencer o duelo de postes, dando lições ao jovem O’Neal, com médias de 32.8 pontos, 11.5 ressaltos, 5.5 assistências, 2 roubos e 2 desarmes de lançamento, noutra performance coroada com MVP.

Hakeem Olajwon venceria o ouro Olímpico em 96, em Atlanta, onde jogou com Shaquille O’Neal, e a partir daí inciava a curva descendente da sua ilustre carreira, não conseguindo voltar a replicar os feitos individuais e coletivos, apesar de ainda contar com bons números, e tendo em 96-97 ter tido excelentes momentos junto a Charles Barkley.

Hakeem continuou até 2000-2001 nos Houston Rockets, tendo jogado a sua última época, em 2001-2002, nos Toronto Raptors, acabando por se retirar no Outono do ano de 2002, alegando uma lesão nas costas.

Os Houston Rockets justamente retiraram a sua camisola, a n°34.

Chegava ao fim a carreira de um dos mais ilustres da história, talvez o poste mais versátil de sempre, e alguém cujo jogo de pés ainda é hoje uma referência.

Hakeem Olajwon apesar de ter também nacionalidade Americana, não deixou nunca se ser cidadão Nigeriano, sendo um exemplo para milhões de Africanos, entre eles o cada vez mais importante na NBA actual Joel Embiid, que tem em Hakeem Olajwon a sua maior referência.

Para além dos 2 títulos e já referidos MVPs dessas finais, Hakeem Olajwon foi também o MVP de 94, o Defensive Player of the Year de 93 e 94, melhor ressaltador de 89 e 90, jogadores com mais desarmes de lançamento em 90, 91 e 93, 12× all-star, 6× all-NBA first team e 5× all-defensive first team, isto numa das eras mais marcantes de sempre da NBA, senão a mais marcante.

Ainda hoje Hakeem Olajwon é dos jogadores com mais pontos, ressaltos, roubos de bola e desarmes de lançamento, nessa categoria é o líder absoluto, à frente de Mutombo e Kareem Abdul Jabbar, embora no início da carreira de Jabbar os desarmes não fossem contabilizados.

Em 2016, a ESPN colocou Hakeem Olajwon em 10° lugar na sua lista de melhores jogadores de sempre. Enquanto para a revista Slam, Hakeem Olajwon foi o 13° melhor jogador da história, referente a uma publicação de 2009.

Alguns dos melhores momentos de Hakeem Olajwon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *