Knicks não terão o mesmo problema que Warriors e Nets

Andrew Wiggins e Kyrie Irving arriscam-se a ter uma temporada complicada. E por causa disso, os Golden State Warriors e os Brooklyn Nets também. De facto, os dois jogadores recusam-se a ser vacinados contra a COVID-19. Além das restrições relacionadas, aquelas impostas pela NBA, terão também as leis estabelecidas em San Francisco e New York, regulamentos que proíbem o acesso a grandes eventos sem terem recebido duas doses. Os New York Knicks, a terceira equipa envolvida, não terá esse problema.

Na verdade, o GM Scott Perry anunciou que todos os membros do plantel estão vacinados.

“Gostaria de dar mérito aos nossos jogadores. Levaram muito a sério e assumiram as suas responsabilidades”, confidenciou o dirigente. Todos os jogadores dos Knicks poderão jogar os jogos em casa, ao contrário de Wiggins e Irving, pelo menos enquanto mantiverem a sua posição. Os Los Angeles Lakers também serão vacinados, conforme revelado por Rob Pelinka, mesmo que não estejam sujeitos a uma lei específica. Cerca de 90% dos jogadores da NBA já receberam as duas doses até agora.

Deixe uma resposta