Jokic foi demais para os Spurs

Jogo 7 em Denver, na série mais equilibrada desta eliminatória e, se San Antonio é conhecida pelas esporádicas aparições de um morcego, aqui quem manda é o Joker. O poste acabou com um triplo-duplo (21 pontos, 15 ressaltos e 10 assistências), o segundo na série e mostrou todo o seu arsenal ofensivo.

San Antonio lançou apenas 22.2% de campo na primeira parte e o jogo em si parecia pender todo para o lado da equipa da casa que no terceiro período chegou a estar a vencer por 17 pontos. No entanto, a compostura típica das equipas de Popovich aliada à inexperiência da equipa mais nova do Oeste permitiu aos Spurs reduzir a vantagem para dois pontos com 52 segundos para se jogar, mas uma sequência de eventos ditou o final da sua participação nos Playoffs: Primeiro, Murray encestou um floater de enorme grau de dificuldade, dando entretanto a décima assistência a Jokic, depois Torrey Craig rejeitou DeRozan e por fim, o mais insólito – o apoio dos adeptos de Denver criou um barulho ensurdecedor que impediu Aldridge de ouvir as indicações de Popovich para fazer falta. A Jokic, Murray juntou 23 pontos. Do lado dos Spurs destaque para Rudy Gay com 21 pontos, Aldridge com 16 pontos e 11 ressaltos e DeRozan com 19 pontos.

O segundo classificado do Oeste começa segunda feira a disputar a semifinal da conferência, a primeira dos Nuggets em 10 anos, contra o terceiro classificado Portland TrailBlazers.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *