De 150 dólares a um contrato de 20 milhões!

A NBA é uma liga milionária. Além de nos proporcionar partidas incríveis, a liga norte americana tem contratos impressionantes para aqueles que lá jogam.

Esta é a história de Jonathon Simmons, que foi recentemente removido de volta para a G-League. A verdade, é que o jogador teve um poder de investimento e confiança do outro mundo para chegar aos grandes palcos da NBA.

Começou a sua carreira basquetebolística em Houston, no segundo ano do secundário. Um rapaz mais baixo que o próprio Isaiah Thomas, mas que cresceu até a um metro e noventa e oito ao longo de tempo que praticou a modalidade.

Quando foi para o colégio, alinhou pelo Paris Junior College, e não, não estamos a falar da capital francesa, mas sim de uma pequena terra no Texas apelidada da mesma maneira. No segundo ano foi para Midland College, acabando por representar a Universidade de Houston, que o levou até à NCAA.

Terminou o ano com 14.7 pontos por jogo, acompanhados por 5 ressaltos, jogando na primeira divisão do basquetebol universitário. Decidiu então declarar-se para o draft da NBA.

Infelizmente o nosso herói não foi escolhido, mas não baixou a cabeça e declarou-se para o draft da liga americana (escalão inferior), onde foi seleccionado na primeira ronda, jogando apenas 16 jogos, mas com médias de 36.5 pontos por jogo!

Então ele pegou em 150 dólares e foi para um colégio local, onde a equipa da g-league dos San Antonio Spurs recebia tentativas para entradas. O jogador colocou o dinheiro num envelope, enviou para a equipa, e acabou mesmo o ano a jogar pela equipa!

O jogador passou a ter um salário de 22 mil dólares com os Austin Spurs.

Com isto, ansiava por uma chamada de Gregg Popovich à equipa principal, o seu jogo era marcado pela sua defesa, algo que agradou ao lendário técnico dos Spurs.

O jogador acabou mesmo por assinar com os San Antonio Spurs, e liderou a equipa à conquista de uma Summer League, sendo nomeado MVP.

Começou então a sua temporada em 2015-16, nos San Antonio Spurs. Os texanos tiveram a melhor temporada regular da sua história com um record de 67-15!

O jogador manteve-se em San Antonio, onde protagonizou vários momentos, como afundanços incríveis e até um bloco fantástico a Steph Curry.

Não era um jogador banal, mas um que se demonstrava bastante útil vindo do banco e algumas vezes até começando a titular. Acabou por deixar a equipa de San Antonio em 2017, rumando para Orlando, e mais tarde em 2019 para Philadelphia.

O jogador terminou o seu contrato com os 76ers, e ao que tudo indica voltará à G-League, alinhando pelos Santa Cruz Warriors. Ainda pode esperar um contrato de uma equipa da NBA aos 30 anos?

O que achou desta história?

Esta noite não podes perder a oportunidade de apostar nos jogos da NBA com o nosso bónus de 10€ sem depósito! Regista-te nos banners do nosso site ou AQUI!

Hoje temos uma noite com muitos jogos, mas não podia faltar a nossa Aposta Múltipla, aproveita o nosso bónus de 10€ grátis sem registo na ESCONLINE!

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é renderimage.aspx

Além dos 10€ sem depósito podes ganhar mais de 250€ em bónus! – Regista-te AQUI!

  • Bónus de boas-vindas até 250
  • 3 Apostas Grátis no valor de 10€
  • 10€ sem depósito.

Vasco Oliveira

Fã dos San Antonio Spurs com 17 anos, deve ser algo inédito nesta liga das modas.

Deixe uma resposta