Cozinheiro da “Flu Game” pizza falou da controvérsia

Um dos momentos mais memoráveis da carreira de Michael Jordan, foi o “Flu Game”, no qual levou os Bulls a uma vitória sobre os Jazz por 90-88, no jogo 5 das finais. Apesar dos sintomas de gripe, conseguiu uns memoráveis 38 pontos, 7 ressaltos, 5 assistências, 3 roubos de bola, 1 desarme de lançamento.

Ao longo dos anos, o verdadeiro sintoma que Jordan sentiu foi questionado. Em vez de gripe, alguns especulavam que fosse intoxicação alimentar. Este ponto foi abordado no documentário “The Last Dance”, em que o treinador pessoal Tim Grover afirmou estar relacionado com o conteúdo da pizza da noite anterior, que apenas Jordan encomendou e comeu.

Craig Fite, actualmente assistente na Pizza Hut em Park City, afirmou ter sido ele a fazer a pizza e a entregar a Jordan. Numa entrevista, Fite disse que a “Flu Game” pizza não foi alterada por nada, são apenas histórias inventadas. Negou também que tenham sido 5 pessoas a entregar a pizza no quarto de Jordan.

Apesar de tudo, Fite admite que foi um momento memorável, ainda o recorda 20 anos depois.

“Era uma pizza fina crocante de pepperoni. Tenho a certeza que ninguém alterou a pizza, porque não saiu das minhas mãos.” Apesar de viver em Utah, Fite admite ser um fan dos Bulls, respeita muito o Jordan no qual deu o nome ao filho.

Podemos nunca saber qual o motivo concreto dos sintomas de Jordan, mas a performance está na história.

Deixe uma resposta