Celtics precisam de um “big man”?

Os Boston Celtics são, sem sombra para dúvidas, uma das três melhores equipas da conferência Este, eles que este ano chegaram à final do este onde sairam derrotados pelos Miami Heat, finalistas vencidos pelos Lakers.

Muito se tem falado da necessidade, desde a saída de Al Horford para os 76ers, de os Celtics reforçarem o jogo interior, concretamente a posição de poste, uma das lacunas do plantel, na opinião da generalidade dos analistas.

Ainda assim, Danny Ainge não parece querer entrar em loucuras ao contratar um poste com um valor de mercado elevado, tendo de abdicar assim de peças importantes do seu “roster” para os obter.

Já se falou no interesse em Rudy Gobert e Andre Drummond, mas são sonhos caros para Boston, e que precisariam de uma boa moeda de troca para convencer as respetivas organizações a abrir mão dos jogadores

Segundo o que o Talk Basket Net noticiou durante o dia de ontem, o foco dos Celtics neste mercado não passa por reforçar os seus postes, dado que parecem estar confortáveis com os jogadores que têm para essas posições.

De momento, para aquela posição, os Celtics podem contar com Daniel Theis, Rob Williams, Enes Kanter e Taco Fall.

Theis foi a opção principal durante a temporada e reveliu-se uma peça bastante útil no sistema de Brad Stevens, ele que sabe jogar bem no pick and roll e detém uma boa técnica individual, sendo também uma preciosa ajuda no aspeto defensivo. Os restantes jogadores tiveram menos minutos do que era esperado, e parece que ainda não convenceram Brad Stevens a apostar mais no seu contributo.

Causeway Street: Could Daniel Theis, Robert Williams be the solution at  center for Celtics?
Os dois jogadores mais utilizados a “Center” em 2020 por Stevens

“I do not think they are ignoring that spot, but I do not think they’re all that uncomfortable with what they have. That is the impression they leave. They are excited about those guys on the roster. “– disse o jornalista da “Forbes”- sobre a necessidade de os Celtics irem ao mercado nas próximas semanas.

João Pinto

Licenciado em Direito- Universidade Católica Portuguesa; Apaixonado pelo desporto e pela melhor liga do mundo; Fã dos Boston Celtics desde o título de 2008, quando uma equipa começou a dizer "Ubuntu" aos 3...

Deixe uma resposta