6 Jogadores livres que podem fazer a diferença na corrida pelo título!

O regresso da NBA promete ser bem interessante, num modelo completamente diferente, e com condições muito particulares.

Devido aos problemas que surgem dia após dia com o modelo proposto pela NBA, as equipas deverão poder assinar com jogadores que estejam livres, ainda sem sabermos quais as particularidades concretas. A possibilidade das equipas contratarem reforços nesta fase da época, pode ser um grande trunfo e um fator decisivo para o que falta jogar desta época.

Aqui ficam algumas sugestão de jogadores valiosos para regressarem à NBA:

Lance Stephenson

Lance Stephenson não é um jogador consensual. O seu feitio pouco “normal” faz com que muitas vezes se olhe para ele mais pelo que faz fora do campo e não se repare tanto nos números. A última vez que o jogador jogou na NBA foi na época 2018-2019, ao serviço dos Lakers, antes de ter viajado para a China onde realizou exibições fantásticas. Um jogador que faz de tudo um pouco, tanto a nível defensivo como ofensivo, que poderia ajudar muito uma equipa no Playoff.

Darren Collison

Uma despedida inesperada no mundo da NBA. Nada fazia prever que Collison abandona-se a liga com 32 anos. Sem lesões graves a apontar, foi uma decisão pessoal, mas que durante esta época surgiram rumores de que poderia voltar. Collison é um base experiente, com mais de 700 jogos na liga, e que poderá acrescentar muita qualidade de jogo a qualquer equipa da liga.

Jamal Crawford

Este será talvez o jogador mais consensual para trazer de volta a sua energia e qualidade para a NBA. Com 40 anos, Jamal Crawford não teve a oportunidade de disputar a presente época. Foram muitas as equipas que falaram num possível interesse, muitos jogadores da liga que pediram o seu regresso, mas o acordo nunca chegou a acontecer.

Jamal Crawford com 1326 jogos na NBA onde soma uma média de 14.6 pontos por jogo. Esta época não o vimos em ação, mas na época 2018-2019, Crawford ainda realizou exibições fantásticas ao serviço dos Phoenix Suns. Minutos de qualidade garantidos para a equipa que apostar em Jamal Crawford.

JR Smith

Mais qualidade técnica do que juízo na cabeça. O polémico JR Smith está na lista de jogadores livres e é uma opção válida para muitas equipas. Este é um jogador com experiência de campeão, com grande qualidade no tiro exterior. Sabemos que JR Smith nem sempre tem as melhores decisões, mas certamente que as equipas estarão de olho em JR.

Isaiah Thomas

Um “pequeno” grande talento perdido na NBA. Quem não se lembra das célebres exibições de Isaiah Thomas ao serviço dos Boston Celtics? O jogador que fazia a diferença e que era verdadeiramente explosivo nos momentos finais dos jogos.
Infelizmente IT “perdeu-se” na liga e nunca mais agarrou o seu lugar. Anda de equipa em equipa, mas com Isaiah Thomas não faltará energia e intensidade dentro de campo. Um “pequeno” base que poderá fazer a diferença.

DeMarcus Cousins

Não é preciso muito para descrever DeMarcus Cousins. Azar talvez seja a palavra certa. Desde que o jogador saiu de Sacramento que as lesões têm abalado este enorme jogador. Um dos jogadores mais dominantes, que assinou pelos Lakers no início da época, mas que se voltou a lesionar e acabou por rescindir.

A condição de Cousins é uma grande incógnita, certamente não será a melhor depois de tanto tempo parado, mas mesmo não estando a 100%, a presença de Cousins na luta das tabela será um fator que as equipas não deixaram passar ao lado.

Pedro Ribeiro

Formado em Ciências da Comunicação, trabalhou como Jornalista e Assessor de Comunicação. Fã da NBA, participou em vários projetos sobre esta liga. Fundador do site www.nbaportugal.com https://twitter.com/pedrofmribeiro

Deixe uma resposta