Os verdadeiros números do Paul “P” George

Desde o início das séries que muito se fala na fraca forma de Paul George.
A sua eficácia de lançamento tem estado muito aquém e apenas nesta madrugada, George justificou os minutos em campo.
Muito se critica e muito se goza com Paul George, mas quais são os seus verdadeiros números neste playoff?

Jogo 1 – Mavericks 110 X 118 Clippers

Começar uma série difícil com uma vitória é definitivamente um passo importante para mais tarde a vencer. Entrar com o pé direito é sempre importante e foi isso que os Clippers e Paul George fizeram.
Vitória dos Clippers por 8 pontos num jogo difícil e Paul George a ser o 2º melhor marcador da equipa.
Nessa noite, George fez:
– 37 Minutos
– 27 Pontos;
– 2 Ressaltos
– 3 Assistências
– 10/22 FGM (45.5%)
– 4/11 3PM (36.4%)
– 3/3 FT
– 3 TO
– 4 Faltas

Jogo 2 – Mavericks 127 X 114 Clippers

Jogo 2 = 1ª derrota.
Os Clippers não resistiram e perderam um jogo em que nunca estiveram na frente.
Foi um massacre de Dallas que viu um dos protagonistas dos Clippers (PG) com números abaixo do normal:
– 31 Minutos
– 14 Pontos;
– 10 Ressaltos
– 2 Assistências
– 4/17 FGM (23.5%)
– 2/10 3PM (20.0%)
– 4/4 FT
– 2 TO
– 4 Faltas

Jogo 3 – Clippers 130 X 122 Mavericks

Novo jogo e nova vitória dos favoritos a passarem a série.
Desde o 2º período que este jogo estava decidido e quando Doncic abandonou o campo devido a um entorse os Mavs capitularam definitivamente.
Apesar da vitória, PG não esteve (mais uma vez) nos seus dias com uma exibição aquém da sua qualidade:
– 37 Minutos
– 11 Pontos;
– 9 Ressaltos
– 7 Assistências
– 2 Roubos de bola
– 3/16 FGM (18.8%)
– 1/8 3PM (12.5%)
– 4/4 FT
– 2 TO
– 4 Faltas

Jogo 4 – Clippers 133 X 135 Mavericks

O melhor jogo da série com um buzzer-beater que ficará para a história.
Depois de estarem a perder por 21 pontos, os Mavs não só ganharam o jogo como também os Clippers o perderam.
E tudo isto sem Porzingis.
De um lado temos 43 pontos de Doncic, de outro temos… 9:
– 45 Minutos
– 9 Pontos;
– 8 Ressaltos
– 3 Assistências
– 1 Roubo de bola
– 3/14 FGM (21.4%)
– 1/7 3PM (14.3%)
– 2/2 FT
– 2 TO
– 4 Faltas

Jogo 5 – Mavericks 111 X 154 Clippers

Finalmente, temos Paul “P”. Um autêntico atropelo dos Clippers aos Mavs patrocinado pela dupla “The Klaw” + Paul “P”.
Sem dúvida, o melhor jogo dos Clippers e de PG nesta série.
Depois de um começo de 1º período forte, os Mavs deixaram-se ir e acabaram o jogo com uma diferença maior que 40 pontos.
O verdadeiro Paul “P” está de volta:
– 24 Minutos
– 35 Pontos;
– 3 Ressaltos
– 2 Assistências
– 12/18 FGM (66.7%)
– 4/8 3PM (50.0%)
– 7/7 FT
– 2 TO
– 4 Faltas

Agora é preciso consistência. Paul George não será Paul “P” enquanto não for consistente nas suas exibições dominantes nos playoffs.
E até agora, as suas médias por jogo na série são as seguintes:
– 35.4 Minutos
– 19.2 Pontos;
– 6.4 Ressaltos
– 3.4 Assistências
– 1.0 Roubo de bola
– 6.4/17.4 FGM (36.8%)
– 2.4/8.8 3PM (27.3%)
– 4.0/4.0 FT
– 2.2 TO
– 4.0 Faltas
– 43.7% eFG%

Será que o Paul “P” veio para ficar? Ou será antes sol de pouca dura?



Faz o teu registo no Banner e a tua primeira aposta é sem risco. Se perderes devolvemos o valor até 50€.



Deixe uma resposta

<--bit--><--ti-->