Será Demar DeRozan um sério candidato a MVP?

Os Chicago Bulls têm sido uma das surpresas desta temporada. Após um verão recheado de contratações entusiasmantes, a equipa parece estar ainda mais acima das expetativas e tem neste momento um record de 10-4, ocupando o segundo lugar da conferência Este.

O maior destaque nesta equipa acaba por ser o rendimento de Demar DeRozan até ao momento. Oriundo dos Spurs, o jogador chegou por um negócio “sign and trade”, por troca de Thaddeus Young, Al-Farouq Aminu e uma pick de primeira ronda do draft de 2022, e parece ter valido cada dólar do “recheado” contrato que os Bulls lhe ofereceram (81 milhões por 3 anos).

Mas será DeRozan um sério candidato ao prémio individual mais cobiçado da NBA?

A verdade é que só se surpreende com o rendimento de DeRozan aqueles que não o acompanharam nos últimos anos. Após a troca para os Spurs pode dizer-se que o jogador caiu um pouco no esquecimento, não tendo sequer alcançado uma única chamada ao All Star Game nas três épocas que esteve em San Antonio (embora merecesse).

Com Popovich tornou-se um jogador mais inteligente, muito mais do que o “scorer” puro que era em Toronto, e além disso, aprendeu a ser um líder, algo que sempre faltou nos seus tempos no Canadá, especialmente nos playoffs. As suas habilidades de “playmaking” também melhoraram a olhos vistos, junto com a sua eficácia no “mid-range”. DeRozan chegou a Chicago, aos olhos de muitos como um “ajudante” para o crescimento de Lavine como principal estrela da equipa, mas na verdade acabou por ser o próprio a assumir as rédeas da equipa do Illinois.

Os especialistas da ESPN chegaram a apontar a transferência de DeRozan como o pior movimento do mercado da NBA, mas com certeza estarão a engolir as suas palavras neste momento. Aos 32 o jogador apresenta uma forma fantástica, e faz os adeptos dos Bulls sonhar com o regresso aos títulos, que já não aparecem desde a era de Jordan.

Para ser um sério candidato DeRozan terá obviamente de manter os números que tem no momento, com 26.9 pontos, 4.1 assistências e 5.4 ressaltos por jogo, mas mais importante ainda, os Bulls têm de continuar a vencer. Atualmente o jogador surge na quinta posição dos “rankings” para MVP, atrás de Kevin Durant, Steph Curry, Paul George e do MVP em título, Nikola Jokic.

Com isto surge ainda a questão, será que em caso de playoffs, veremos o mesmo DeRozan?

Ainda teremos de esperar para saber a resposta, mas por agora apreciemos a performance do jogador na noite passada frente aos Lakers, depois de ter marcado 35 na noite anterior frente aos Clippers.

Vasco Oliveira

Fã incondicional dos San Antonio Spurs e ainda com esperanças que um dia o Kawhi volte. @vjoseoliveira no twitter

Deixe uma resposta