Quem é o treinador que apostou em Neemias

Doug Christie, um treinador assistente de primeiro ano, foi nomeado treinador principal interino depois de Gentry ter testado positivo na semana passada.

Christie teve assim um primeiro desafio quando foi lançado na nova função de treinador principal, logo com uma vitória por 119-105 sobre os Washington Wizards na quarta-feira passada no Golden 1 Center.

No jogo seguinte frente aos Grizzlies, mais ausências na equipa. Foram chamados jogadores dos Stockton Kings, incluindo Neemias Queta. A estreia histórica do português na NBA concretizou-se pela mão de Christie, onde no final elogiou Neemias e confessou ser fã. Foram 7 minutos e 44 segundos no primeiro jogo oficial na NBA de Neemias.

Doug Christie, tem um passado em Sacramento, falhou a tentativa de trazer um campeonato para Sacramento como membro-chave das grandes equipas dos Kings que incluíam Mike Bibby, Bobby Jackson, Peja Stojakovic, Chris Webber e Vlade Divac.

Talvez um dia tenha mais oportunidades como treinador principal da equipa.

Entrevistado à poucos dias, refere que têm sido dias especiais para ele, que deixou o trabalho na televisão e na rádio para se juntar à equipa técnica dos Kings em Agosto.

“Eu fiz rádio. Já fiz televisão”, disse Christie. “Não há outro lugar onde eu preferisse estar do que no campo com a equipa. É uma alegria para mim que nem consigo explicar.”

Christie jogou por sete equipas em 14 temporadas da NBA, mas teve alguns dos seus melhores anos em Sacramento de 2000 a 2005, com uma média de 10,6 pontos, 4,3 ressaltos, 4,2 assistências e 2,0 roubos de bola em 355 jogos para os Kings. Ele foi uma escolha da primeira equipa defensiva da NBA em 2003. Foi escolha da segunda equipa defensiva em 2001, 2002, 2004. Christie ajudou os Kings a chegar aos playoffs em cada uma das suas cinco temporadas, incluindo uma corrida inesquecível às finais da conferência Oeste em 2002. A temporada terminou com uma amarga e polémica derrota em sete jogos para os Los Angeles Lakers, que varreram os New Jersey Nets nas finais da NBA.

“Já disse a vocês muitas vezes”, disse Christie. “Tenho negócios pendentes aqui de uma forma que é difícil de explicar, mas estou aqui e veremos o que acontece.”

Gentry foi nomeado técnico interino quando Luke Walton foi demitido a 21 de novembro, mas Christie já foi identificado como um candidato potencial para o cargo. O GM dos Kings, Monte McNair, e o próprio Christie terão de decidir se ele está pronto para esta responsabilidade após uma temporada como assistente técnico, mas Christie claramente tem uma paixão pelo trabalho.

Foi questionado recentemente se gostaria de ser o próximo treinador dos Kings.

“Vocês conhecem-me, sabem que sou uma pessoa mais do momento”, disse Christie. “Eu não penso dessa forma, Alvin Gentry tem feito um ótimo trabalho e tem sido muito produtivo em ajudar-me a tentar ser melhor, e isso é realmente tudo o que vou tentar ser. Se eles veem mais e querem mais, e essa oportunidade se apresenta, é isso que tenho de enfrentar quando a oportunidade surgir e lidar com ela, mas eu gosto de ficar no momento e não falo isso com ironia. É assim que tento viver.”

Christie viu os melhores tempos de Sacramento e o pior dos tempos. De uma forma ou outra, ele quer ajudar a trazer um basquetebol vencedor de volta após 15 temporadas consecutivas de derrotas.

“Quando digo negócios inacabados, esta é uma cidade orgulhosa que merece um alto nível de basquetebol quando vêm assistir”, disse Christie. “E infelizmente, há muito tempo, não tem sido assim, mas não tem que ficar assim e não vai. Nós vamos chegar lá.”

Deixe uma resposta