Paul George e a saída dos Pacers

PG inicou a sua carreira em Indiana, e era a estrela do conjunto, mas no verão de 2017 decidiu abandonar a equipa e abraçar um novo desafio, nos OKC Thunder.

O extremo, hoje em Los Angeles, explicou por que motivo saiu dos Pacers, que terá sido devido ao facto de a organização não ter demonstrado interesse em contratar uma estrela para fazer parceria com George.

“They didn’t want to do it . . . I called my agent like, ‘Man, get me up outta here. They don’t want to win.'”

João Pinto

Licenciado em Direito- Universidade Católica Portuguesa; Apaixonado pelo desporto e pela melhor liga do mundo; Fã dos Boston Celtics desde o título de 2008, quando uma equipa começou a dizer "Ubuntu" aos 3...

Deixe uma resposta