“Ones to Watch 22/23”: Kawhi Leonard

“Ones to Watch 22/23” consiste em analisar ao pormenor um jogador de cada equipa da NBA, que tem muito para provar na temporada que se avizinha. Os jogadores são selecionados conforme a sua situação atual, como por exemplo, um jogador regressado de lesão, um jogador que tem a “obrigação” de se afirmar, um jogador que foi recentemente adquirido, etc. A rúbrica funcionará por ordem alfabética de equipas e será lançada todos os dias até ao começo da temporada.

Um dos regressos mais ansiados para esta temporada é sem sombra de dúvidas o de Kawhi Leonard. Após a lesão sofrida nos playoffs de 2021, o jogador enfrentou uma longa recuperação, e está agora pronto fazer dos Clippers uma das principais equipas candidatas ao título.

Kawhi Leonard é um dos melhores jogadores da liga, aos 31 anos foi campeão e finals MVP em duas equipas diferentes, Spurs (2014) e Raptors (2019). A chegada aos Clippers, juntamente com Paul George em 2019, tinha como objetivo conquistar o primeiro título da equipa, algo que não tem sido fácil. Após o desaire na “bolha” em 2020, quando se deixaram bater em 7 jogos frente aos Nuggets, após terem estado em vantagem por 3-1, a equipa californiana voltou a cair nos playoffs de 2021, frente aos finalistas Phoenix Suns, na altura já com Kawhi de fora por lesão.

É claramente um jogador diferenciado, cujas lesões o impedem de ser considerado, talvez, o melhor jogador da liga. A defesa é a sua principal arma, sendo um defensor de elite, tendo inclusive conquistado o prémio de “Defensive Player of the Year” em 2015 e 2016. No ataque, pudemos ver um Kawhi letal e extramente consistente, especialmente desde a altura de Toronto, onde se assumiu como a principal peça para vencer o título aos canadianos. O seu lançamento é mortífero, atingindo sempre números acima dos 50% de FG, o seu físico torna-o num jogador muito perigoso para quem se atravessar no seu caminho, não tendo medo de afundar perante qualquer adversário, ou de o parar na defesa. Sabe criar espaços no ataque, e chegar ao cesto com enorme facilidade. É um jogador que faz um pouco de tudo, a prova viva que o jogo simples é por vezes muito mais importante que o espetáculo.

Agora, em 22-23, o “Silent Killer” dos Clippers está pronto para voltar a colocar o seu nome no topo, e quem sabe, conquistar o prémio de MVP que lhe falta na vitrine. Os Clippers têm uma das equipas mais completas da liga, que em boa forma, é facilmente candidata ao título. Muito depende da maneira como Leonard voltar, lembrando que da última vez que regressou de uma lesão tão grave, foi campeão no seu único ano nos Raptors.

Vasco Oliveira

Estudante de Ciências da Comunicação com a aspiração de um dia poder trabalhar no mundo da NBA. @vascoliveira8 no Twitter

Deixe uma resposta