“Ones to Watch 22/23”: James Wiseman

“Ones to Watch 22/23” consiste em analisar ao pormenor um jogador de cada equipa da NBA, que tem muito para provar na temporada que se avizinha. Os jogadores são selecionados conforme a sua situação atual, como por exemplo, um jogador regressado de lesão, um jogador que tem a “obrigação” de se afirmar, um jogador que foi recentemente adquirido, etc. A rúbrica funcionará por ordem alfabética de equipas e será lançada todos os dias até ao começo da temporada.

Sem necessidade de grandes reforços, os Golden State Warriors entram nesta temporada com o objetivo de defender o título conquistado na época passada, mas muito se enganam aqueles que acham que a equipa de San Francisco não terá um grande reforço nas suas fileiras. Há quase ano e meio fora de competição, James Wiseman vai finalmente voltar a jogar pelo conjunto californiano, e poderá ser mais uma peça para Steve Kerr juntar ao seu 5 inicial “quase” perfeito.

Wiseman foi selecionado na segunda posição do draft de 2020 da NBA. O jogador estava a fazer uma primeira temporada mediana, tendo tido médias de 11.5 pontos e 5.7 ressaltos em 39 jogos, até se lesionar com gravidade em Abril de 2021. Após mais de um ano de recuperação, e ver os seus colegas conquistarem um campeonato, o jogador estava tão ansioso para regressar que passou o verão a treinar para entrar em grande nesta nova temporada.

Wiseman é um jogador forte e robusto, com um controlo de corpo e velocidade notáveis tendo em conta os seus 2,13 metros de altura. É um bom finalizador perto do cesto, tendo também um lançamento aceitável para a sua posição. É muito sólido defensivamente, sendo um excelente desarmador de lançamentos, assim como um bom ganhador de ressaltos e um obstáculo difícil de ultrapassar para qualquer adversário.

Este ano será importante para percebermos como encaixará Wiseman nestes Golden State Warriors, e qual será o seu papel na equipa. Kevon Looney demonstrou grandes indicadores durante os playoffs, mas caso Wiseman atinga o seu potencial, poderá sem dúvidas tirar o lugar a Looney. O problema de Wiseman são mesmo as lesões que tem vindo a contrair ao longo da sua curta carreira, algo que já o atormentava nos tempos de “college basketball”.

Vasco Oliveira

Estudante de Ciências da Comunicação com a aspiração de um dia poder trabalhar no mundo da NBA. @vascoliveira8 no Twitter

Deixe uma resposta