One and done – Suns despedem Igor Kokoskov

Uma época, foi tudo a que teve direito Igor Kokoskov, o primeiro treinador nascido na Europa a assumir o comando de uma equipa na NBA. Infelizmente para o Sérvio, este foi provavelmente o único marco positivo na sua curta passagem pelos Phoenix Suns.

Quarto treinador em quatro anos – era esta a posição que Kokoskov assumia e que retratava bem a instabilidade em que a organização do Arizona se encontra. Com 22 anos, Devin Booker, a estrela da equipa, já teve mais treinadores que Dirk Nowitzki, por exemplo, teve nas 21 épocas que jogou na NBA (3).

Os Suns vinham do pior record da liga no ano anterior, com apenas 21 vitórias mas tinham retirado daí a primeira Pick do Draft, com a qual selecionaram Deandre Ayton. As expectativas eram altas e ainda sem terem jogado juntos, a dupla Booker/Ayton já era comparada em termos de potencial a duplas como Kobe/Shaq. Um SG extremamente capaz a nível ofensivo, um scorer nato ao lado de um poste capaz de dominar o interior. O one-two punch capaz de instaurar medo nas defesas adversárias. Phoenix sempre se deu bem com duplas. A última vez que foram aos playoffs, aliás eram liderados por uma – Steve Nash e Amar’e Stoudemire em 2009/2010.

A época, no entanto, pouco deu aos fãs dos Suns a não ser ameaças de que a equipa pudesse deixar a cidade e uma incrível fã que viu a sua opinião espalhar-se por todo o Twitter.

No final e apesar de terem mostrado melhorias, de Ayton ter demonstrado todos os atributos que fizeram dele a “1st Pick” e de com Devin Booker terem mostrado vislumbres de uma dupla imperdível, os Suns acabaram pela terceira vez consecutiva com o pior resultado do Oeste (só atrás dos Knicks, no panorama geral) e pela terceira vez consecutiva, com um resultado pior que o do ano anterior (19-63).

O final da época trouxe alguma esperança à direção da equipa que, segundo Adrian Wojnarowski estava inclinada a renovar contrato com Koskov, mas a instabilidade que paira sobre Phoenix prevaleceu.

“Suns tinham planeado trazer Koskov para uma segunda época, especialmente depois do forte jogo demonstrado no final da época. Kokoskov tem sido um respeitado tático que se torna mais uma vítima da instabilidade de Phoenix”

Devin Booker vai agora ficar à espera para saber qual vai ser o seu quinto treinador. Segundo Shams Charania, o assistente Monty Williams de Philadelphia e David Vanterpool de Portland são os principais candidatos ao cargo.

Deixe uma resposta