O improvável candidato a Rookie do ano!

O regresso da NBA está cada vez mais próximo e as expetativas para vermos os Rookies na liga é enorme, com tantos e tão bons nomes a apresentarem-se na melhor liga de Basquetebol do Mundo.

Zion Williamson é o nome para onde apontam todos os holofotes. O Rookie dos New Orleans Pelicans, escolha número 1 do Draft sem surpresa, apresenta-se como o claro favorito a vencer o prémio de Rookie do ano, e o jogador apresenta todos os argumentos para se tornar num dos melhores jogadores da liga.

Mas além de Zion existem outros bons nomes sobre os quais devemos ter atenção e que prometem muito para a próxima época. Ja Morant, RJ Barrett são outros jogadores que se esperam grandes feitos, e temos ainda Michael Porter Jr.

Michael Porter Jr. foi escolhido na 14ª posição do Draft de 2018 pelos Denver Nuggets. Este jogador estava projetado como uma escolha Top 5 do Draft de 2018 mas os seus problemas nas costas fizeram com que o seu nome surgisse numa posição bem mais alta do que a esperada.
O pior cenário confirmou-se, o jogador teve problemas com lesões, foi operado, e não jogou um único minuto na sua época de Rookie.

Michael Porter Jr. tem 21 anos e parece estar recuperado das suas lesões, e são grandes as expetativas para este extremo de 21 anos. Os Denver Nuggets são uma equipa jovem, com grandes objetivos na próxima época, e poderá ser a equipa ideal para Porter brilhar na liga.

Em declarações ao “Altitude Sports” Michael Porter Jr. foi questionado sobre a corrida ao prémio de Rookie do ano e a sua resposta foi bem clara ao afirmar que pretende lutar por esse prémio apesar de reconhecer a forte concorrência. O jogador está focado em ajudar a equipa a conseguir os principais objetivos, mas não escondeu o entusiasmo em poder estrear-se na NBA e, quem sabe, surpreender a liga e lutar pelo prémio de ROY.

“It’s a goal in the back of my head, but my main goal is just to help.
“We’re already a great team, I want to help, do what I can to help this team improve even more. Even if that’s cheering in the bench. I don’t want to be the guy that brings this team down.”

Deixe uma resposta