Malone: ​​“Somos um Punto, os Warriors são um Maserati”

Os Denver Nuggets estão encostados à parede. Na primeira ronda dos Playoffs, a equipa do Colorado lutou para competir com os Golden State Warriors (0-3). E o treinador dos Nuggets, Mike Malone, está a fazer o possível para encontrar soluções.

Mas diante das qualidades dos Warriors, Nikola Jokic e companheiros, ainda sem Jamal Murray e Michael Porter Jr, lutam para responder ao desafio. Para resumir os problemas da equipa, o treinador fez uma comparação.

“Só temos de jogar melhor. Acho que temos de ter muito cuidado porque tentamos jogar ainda mais rápido que eles. E não podemos fazer isso. Somos um Punto, os Warriors são um Maserati.

Nós claramente temos de desacelerar o jogo, especialmente quando as coisas não estão a ir da nossa forma. Temos de desacelerar as coisas, organizar-nos e forçá-los a defender. Temos de ter certeza de que fazemos os melhores lançamentos possíveis”, disse Mike Malone.

Além desta excelente piada, a análise do treinador dos Nuggets está correta. Num jogo rápido, Golden State causa grandes danos. Para aproveitar o máximo possível do talento de Jokic e parar as ofensivas adversárias nas transições, Denver deve, na medida do possível, acalmar o ritmo.

Deixe uma resposta