LeBron James mostra receio sobre o seu futuro: “Já não me resta muito tempo”

LeBron James, atual jogador dos Los Angeles Lakers e um dos 75 melhores jogadores da história da NBA, não esconde dos seus seguidores que o fim está próximo.

“Eu não sei quando a janela vai fechar, mas já não me resta muito tempo.” Revelou LeBron James ao Insider da NBA, Michael Scotto.

Os Los Angeles Lakers venceram de forma convincente os Brooklin Nets, onde “King” James apontou 40 pontos, 7 ressaltos e 5 assistências. Esta vitória permite à equipa da Califórnia respirar com mais tranquilidade, já que está apenas a quatro jogos do 11º colocado, os Houston Rockets, que estão num excelente momento de forma.

O “miúdo de Akron”, como assim é conhecido, está a lutar contra o tempo, mas infelizmente, essa é uma luta onde o ser humano nunca sairá por cima e LeBron não é diferente. Já no caminho para os 40, LeBron já admitiu mais do que uma vez que o seu corpo já não é o mesmo, que o processo de recuperação é cada vez mais complexo e que já não o permite obliterar tudo e todos no seu caminho para o garrafão.

Na luta contra a “velhice”, James continua no top 20 de jogadores com maior número de minutos por jogo na liga, mais precisamente, na 18ª posição, com uma média de 35.2 minutos por encontro. Mas não é só estar em campo e ficar no “cantinho”, LeBron está ainda no top 20 em termos de percentagem de uso, com 29.1%, acima de jogadores como: Damian Lillard, Tyrese Maxey e Brandon Ingram. Só mais uma prova que mesmo à entrada dos 40, o jogador mais velho da NBA ainda é um dos melhores do mundo. Nunca antes visto.

Daniel Pimpão

Sou um apaixonado por basquetebol, vivo e respiro este desporto que nos tira horas de sono. Tenho 19 anos e um sonho de um dia ser um dos melhores jornalistas portugueses. Estou a tirar Comunicação Social em Abrantes, no âmbito de jornalismo. Olhar sempre para a frente, mas trabalhar com a cabeça para baixo.

Deixe um comentário