Jordan recusou 1M/€ por um dia de trabalho

O diário desportivo sul americano “Olé” noticiou esta semana uma história curiosa acerca de Michael Jordan, no final da década de 90, quando o astro já tinha ganho tudo o que havia para ganhar.

Jordan esteve perto de visitar a Argentina por um dia para participar num evento de basquetebol, que pretendia juntar vários jovens para conversar e jogar com o craque americano, organizado pelo na altura técnico da seleção argentina Guillermo Vecchio e Mike Fratello, figura conhecida no basquetebol americano, que atuava na altura nos Cavaliers na NBA.

A proposta feita a MJ era de cerca de 1M de dólares americanos para passar o dia em Buenos Aires e participar no evento, algo que o jogador recusou, não por causa do dinheiro, mas sim por, segundo Jordan, não ter possibilidade de arranjar tempo para viajar para a América do Sul.

“Tenho a agenda cheia este ano, lamento. Mas durante o próximo ano podemos conversar melhor”- disse Michael aos organizadores.

Sucede que, após estes contactos, não houveram mais negociações entre as partes, segundo relata o jornal argentino, que realça que a oportunidade de ver a estrela do momento em 1998 foi única naquela altura, e acabou por ser uma oportunidade perfeita que acabou por não se concluir.

João Pinto

Estudante de Direito- Universidade Católica Portuguesa/ Apaixonado pelo desporto e pela melhor liga do mundo/ Fã dos Boston Celtics desde 2009, desde que um certo trio andou por lá a provocar estragos

Deixe uma resposta