Illiabum esteve na estreia europeia de figura mundial

Decorria o ano de 1999, quando o Illiabum voltava às competições europeias, através da Taça Saporta. Depois uma excelente campanha na liga de basquetebol da época anterior, onde terminou na segunda posição, a equipa de Ílhavo tentava voltar a surpreender.

Imagem do site Arquivo do Basket
Imagem do site Arquivo do Basket

O sorteio da Taça Saporta, tinha colocado a equipa portuguesa no grupo D, um dos mais difíceis e com viagens longas. Os adversários eram o KK (Bósnia), Tau Ceramica (Espanha), KK Rabotnicki (Macedónia), MKS Hoop Pekaes (Polónia) e PSG Racing(França). Foi precisamente fora com a equipa francesa, que os portugueses tiveram o seu primeiro jogo nesta competição.

A 23 de Setembro, no jogo em Paris, depois de uma excelente primeira parte do Illiabum, que terminou empatada, a segunda foi diferente. Não conseguiu manter o ritmo, com os franceses a jogaram no limite da agressividade física. A equipa portuguesa, liderada por Carlos Gouveira, acabou por perder por 89-59.

Marcadores do jogo:

PSG RACING (89) – Brian Howard (15), Cyril Julian (11), Donnell Harris (10), Nino Asceric (8), Laurent Sciarra (8), Christophe Dumas (10), Tony Parker (11), Thierry Zig (8) e Remi Rippert (8). Treinador: Didier Dobbels.

ILLIABUM (59) – Larry Tyler (20), João Figueiredo (2), Steven Worthy (10), Adrian Laborda (6), Laverne Evans (8), José Rafeiro (2), A. Mendoza (5) e N. Sousa (6). Treinador: Carlos Gouveira .

Pelo PSG, surgia o agora conhecido Tony Parker, que com 17 anos na altura, tinha feito o seu primeiro contrato profissional nesse Verão, e estreou-se na principal liga francesa uma semana antes. Seguiu-se o jogo com os portugueses, o qual marcou 11 pontos. Começa a despontar uma das esperanças do basquetebol francês.

Nesta primeira época em França teve apenas 10 minutos por jogo, estava na equipa do PSG como alternativa ao internacional francês Laurent Sciarra.

Mas na segunda época, com a saída de Sciarra para o ASVEL, assumiu a titularidade. Em 33 minutos por jogo, teve médias de 14.7 pontos, 2.7 ressaltos, 5.6 assistências e 2,3 roubos de bola.

Depois de duas épocas em França, foi escolhido na posição 28 do Draft de 2001, e seguiu uma carreira memorável em San Antonio.

O Illiabum, esteve perto da surpresa no jogo da segunda mão, apenas cedeu no prolongamento, perdendo por 98-103, onde a exclusão por faltas de dois jogadores teve muito impacto.

Nesta única participação do Illiabum na antiga Taça Saporta, conseguiu a única vitória na Macedónia, frente ao Rabotnicki Skopje, por 68:76.

Deixe uma resposta