Defesa dos Jazz travam os campeões em Utah

Há noites em que nada corre bem, há outras em que tudo é perfeito. Definir o meio termo destas duas possibilidades é o mesmo que definir o jogo desta última madrugada em Utah. Não foi uma partida perfeita para nenhuma das equipas na primeira parte, tendo valido o equilíbrio no marcador.

Já no 3º período vimos os Jazz mais agressivos a nível defensivo, o que lhes permitiu parar o ataque dos Warriors, que apesar do mau jogo colectivo, manteve-se por perto no marcador, até que Kyle Korver e Jae Crowder capitalizaram a boa defesa em triplos dando um safanão no encontro.

No início do último quarto, os Jazz abriram uma vantagem de 10 pontos, aproveitando o facto de Kevin Durant ter começado o período no banco e dos da casa terem apresentado uma maior intensidade a nível físico que foi notável na luta das tabelas dos dois lados do campo.

Os Warriors que pareciam não ter oxigénio para a altitude em Utah, tiveram que recorrer ao Kevin Durant (que terminou o jogo com 30 pontos e 7 ressaltos) para os últimos 7 minutos da partida de forma a tentarem uma recuperação no marcador. Steph Curry com 32 pontos (19 deles no 2º período) foi o outro destaque da equipa de Golden State, mas desta vez sem a companhia desejada do seu Splash Brother, Klay Thompson, que esteve muito apagado ao longo do encontro, apontando apenas 12 pontos, sem marcar qualquer dos 4 lançamentos de triplos que tentou.

Um jogo colectivo, uma defesa agressiva na segunda metade do jogo, foram dois dos maiores motivos para a vitória caseira dos Utah Jazz por 108-103. Kyle Korver, do banco e em apenas 20 minutos, conseguiu 12 pontos, 4 em 7 de lançamentos de três pontos, acompanhado por outro suplente de luxo Jae Crowder, que apontou 18 pontos,5 triplos concretizados em 9 tentados e mais 11 ressaltos, foram ambos ajudas preciosas aos titulares, aos quais se destacaram Joe Ingles com 20 pontos e Rudy Gobert com 17 pontos, 15 ressaltos e ainda 4 desarmes de lançamento.

Mesmo com Donovan Mitchell em dia não, com apenas 17 pontos, 5 em 26 lançamentos de campo (apenas 19,2% de acerto). Juntando a má exibição do 45 dos Jazz, Ricky Rubio, com apenas 3 pontos, todos da linha de lance livre, mas lá coloriu a estatística individual com 10 assistências, foi uma excelente vitória para a equipa de Utah, que fica assim com 15 vitórias e 17 derrotas.

Os Golden State Warriors com esta derrota regressam para casa com o record 21 vitórias e 11 derrotas na época regular.

Deixe uma resposta