Curry irá ultrapassar Allen…mas quando?

Stephen Curry deu outro recital no domingo contra os Clippers. Mesmo fora de si após uma decisão desagradável do árbitro, o duplo MVP foi capaz de transformar a raiva numa eficiência formidável, especialmente nos três pontos. O base dos Golden State Warriors marcou 7 em 13, ficando mais perto do recorde da temporada regular de Ray Allen.

Já se sabe há muito tempo que Stephen Curry vai ultrapassar e aumentar o recorde. Mas com os acontecimentos dos últimos anos, talvez tenhamos perdido a noção. Duas semanas atrás, Curry havia ultrapassado Allen, contando com os números dos playoffs. Antes do final do ano, deve passar também só com a temporada regular.

Contra os Clippers, o “Baby-Faced Assassin” fez o seu cesto 2.937 e está agora a 36 de Ray Allen. À percentagem em que tem feito desde o início da temporada, podemos tentar adivinhar em que data Stephen Curry entrará um pouco mais na história.

Restam 15 jogos dos Warriors antes do final de 2021. Desde o início da temporada, o melhor atirador de todos os tempos teve em média 5,5 cestos de 3 pontos por jogo. Data e local pode ficar particularmente óbvio quando olhamos o calendário dos californianos, no dia 15 de dezembro, em 8 jogos, os Golden State vão ao Madison Square Garden para enfrentar os New York Knicks.

O que poderia ser melhor do que a Meca da NBA, onde Curry já brilhou em várias ocasiões, para confirmar um registo lendário como este? Se ele não tiver paciência, o que é bem possível dado o seu ritmo atual (está acima de 6 cestos de 3 pontos por jogo nos últimos 6 jogos), Stephen Curry pode perfeitamente chegar ao recorde um pouco mais cedo, em Philadelphia a 12 de dezembro, ou em Indianapolis no dia 14.

Para realizar esta proeza em casa, será mais complicado, já que os Warriors estão numa road trip entre os dias 12 e 19 de dezembro, será necessário um pequeno milagre, o último jogo no Chase Center é a 9 de dezembro contra Portland. Isso significaria que Curry conseguia em média mais de 7 cestos de 3 pontos até então. Com outro jogador, poderíamos dizer que era impossível. Com Curry quem sabe?

Os próximos 10 jogos dos Warriors Phoenix (Fora), Phoenix (Casa), San Antonio (Casa), Orlando (Casa), Portland (Casa), Philadelphia (Fora), Indiana (Fora), New York (Fora), Boston (Fora), Toronto (Fora).

Deixe uma resposta