As maiores histórias por resolver da época 2019/20 – Parte 1

A época da NBA está suspensa por tempo indeterminado e, com ela, todas as esperanças, dúvidas e expetativas que poderíamos ter. É cruel que, uma das épocas mais atrativas da última década, tenha sido cortada com a Pandemia que assola o Mundo.

Poderemos nunca ter um fim para esta época e, assim, a resposta ás nossas maiores dúvidas e curiosidades que ainda se iriam desenrolar. Existiam tantas histórias durante esta época, tantas apostas nas equipas para lutar pelo título, tantas surpresas que estavam a acontecer, pelo que vamos esmiuçar 5 das maiores histórias que ficaram, até ao momento, por resolver, num artigo dividido em 5 partes.

A época de sonho dos Milwaukee Bucks

Poucas são as palavras que poderiam descrever a época dos Milwaukee Bucks, o quão dominante a mesma estava a ser. Milwaukee era a melhor equipa da NBA por uma margem significativa; em nenhum lugar do resumo da sua estatística poderemos dizer o contrário. Com o registo de 10.7 de net rating (112.3 pontos marcados e 101.6 pontos sofridos), são 3.6 pontos a mais do que os 2º classificados Lakers (que é a mesma diferença entre o 2º e 7º),e melhor que qualquer equipa desde 2016/2017.

Os Bucks apenas tinham os Mavericks, Clippers e Rockets à sua frente na eficiência ofensiva e tinham, de longe, a melhor eficiência defensiva, com mais de 3 pontos a separar do 2º lugar.

Giannis Antetokounmpo estava a caminho do seu 2º prémio de MVP consecutivo e Kris Middleton silenciosamente registava uma das mais eficientes épocas, deste milénio, em termos de lançamento. Por estas estatísticas, a grande maioria diria que os Bucks seriam os grandes favoritos a ganhar a NBA.

No entanto, Milwaukee tem algumas falhas que, se exploradas corretamente, poderia colocá-los vulneráveis nos Playoffs. Sendo o jogador dominante que é, Giannis ainda não é o jogador cirúrgico, tático e capaz de se isolar que, geralmente, uma equipa favorita precisa para conduzi-la ao título. As defesas mais meticulosas conseguiram ter vários defensores assignados a ele, cortar-lhe as linhas principais para o cesto de uma forma que a grande maioria das equipas da NBA não conseguem. A própria defesa dos Bucks, historicamente dominante, pode ser vulnerável contra uma equipa com ótimo lançamento exterior. Brook Lopez é uma peça importante na defesa da equipa mas viu o seu jogo no ataque a regredir bastante após uma das melhores épocas da sua carreira. As fragilidades de Eric Bledsoe nos playoffs estão mais que documentadas e a rigidez tática de Mike Budenholzer, por vezes criticada demais, já segurou as suas equipas a objetivos melhores. Como iriam os Bucks responder quando um adversário poderia focar-se nas suas fraquezas?

A resposta poderá ser muito importante para o futuro de Giannis nos Bucks. Ele poderá assinar um “Max contract” este Verão e, enquanto uma saída cedo dos Playoffs poderá ter muito peso na sua decisão, um título da NBA decerto que o ajudaria a escolher a ficar na sua cidade de Milwaukee.

Na falta de uma equipa como os Warriors das últimas épocas e uma equipa profunda e facilmente adaptável como os Raptors da última época, todos os candidatos ao título tiveram os seus momentos menos bons. Nos 65 jogos que tiveram, era claro que as probabilidades beneficiavam os Bucks, no entanto poderemos nunca saber o quão favoritos eles seriam.

Próximo Artigo: O regresso de Lebron James aos Playoffs

Aproveita o nosso bónus de 10€ GRÁTIS SEM DEPÓSITO para Apostas Desportivas ou para jogares no Casino da “ESConline!” Regista-te no Banner!

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é renderimage.aspx

Deixe uma resposta