As maiores estrelas arruinadas por lesões

Trazemos na rubrica de hoje alguns dos jogadores da NBA que viram as suas carreiras destruídas por problemas físicos. Quem são eles?

  • Danny Granger: Este jogador teve o seu auge nos Indiana Pacers, equipa que o selecionou em 2005, e onde jogou até meados de 2013. Durante esses oito anos em Indianapolis, Granger era a principal referência da equipa. Em 2009, foi o seu melhor ano, quando venceu o prémio de “Most Improved Player”, acrescido de uma presença no All Star Game em Phoenix. Problemas no seu joelho esquerdo, que o atormentaram desde essa altura, fizeram com que o jogador fosse perdendo o ritmo e a forma necessária para continuar a ser um jogador de elite. Após 2012, Granger ainda jogou em Toronto, Los Angeles Clippers, Miami e Detroit, tudo num espaço de 3 anos, até pendurar de vez os seus talentos > Média PPG carreira: 17 PPG.
Danny Granger's injury is huge blow for Indiana Pacers - SBNation.com
  • Yao Ming: O jogador chinês fez furor aquando da sua chegada à liga, pelo “hype” criado pela comunidade chinesa e a sua estrutura física, com cerca de 2,30m de altura. Durante os primeiros anos na liga, o jogador foi bastante consistente e esteve sempre em condições de ajudar a equipa dos Rockets. No entanto, após a primeira lesão, vieram muitas outras subsequentes, que o impediram de voltar a ter a mesma performance que tinha antes. O calvário de lesões começou com uma fratura no pé, e como se não bastasse, poucos jogos após regressar, fraturou um joelho, e nunca mais foi o mesmo. O jogador passou 9 anos na liga, sempre na mesma equipa- os Rockets- onde era a estrela maior do conjunto texano > Média PPG carreira: 19 PPG
Por que Yao Ming Entrou para o Hall da Fama da NBA? | by Heitor Facini |  buzzerbeaterbr | Medium
  • Penny Hardaway: Este é um dos jogadores mais conhecidos da década de 90, pela sua aliança mortífera com Shaq, nos Orlando Magic. Foi escolhido em 1993, com a 3ª pick, e desde aí participou em vários All Star Games nos anos seguintes, de 94´ a 98´, até vir a primeira lesão no joelho. Seguiu-se um conjunto de operações constantes, que nunca sararam devidamente a lesão, não permitindo dessa forma que Hardaway conseguisse sequer mostrar o seu auge. O jogador ainda passou por várias equipas, até se reformar, em 2008- foram elas os Suns, Raptors, Knicks e, por último, os Heat > Média PPG carreira: 15 PPG
Penny Hardaway thought Orlando 'was gonna smash' the Rockets in 1995
  • Brandon Roy: Este talvez tenha sido o maior “E se…” do leque de jogadores que aqui abordamos. O jogador dos Trail Blazers jogou apenas 6 anos na liga, pelo que foi uma carreira manifestamente curta. Pelo meio, um Rookie of the year e três selecções para o jogo All Star. O jogador assumiu uma popularidade imensa nos primeiros anos na liga, sendo uma das camisolas mais vendidas em “merchandising” da NBA pelo mundo inteiro. Infelizmente, foi-lhe diagnosticado um problema degenerativo nos joelhos, que inevitavelmente iria continuar a agravar-se com o passar dos jogos nas pernas. Começou a sua aventura na liga em 2006, e despediu-se em 2013, já com a camisola dos Timberwolves. Ainda hoje, muita gente dos Blazers pede à organização que não permita a ninguém usar o número 7, pretendendo os fãs que os Blazers retirem a camisola de Brandon Roy > Média PPG carreira: 19 PPG
Brandon Roy, Former NBA Star, Shot Near Los Angeles | Time

João Pinto

Licenciado em Direito- Universidade Católica Portuguesa; Apaixonado pelo desporto e pela melhor liga do mundo; Fã dos Boston Celtics desde o título de 2008, quando uma equipa começou a dizer "Ubuntu" aos 3...

Deixe uma resposta