Análise Conferência Oeste 2018-2019

A famosa e sempre difícil conferência Oeste, onde se junta o conjunto de equipas mais “fortes” da liga, e com probabilidades em ganhar o título, este ano tem mais um fator de força e de interesse, a chegada de LeBron James aos Los Angeles Lakers.

O que todos os anos promete ser uma grande luta pelos playoffs, esta época parece estar ainda mais dura e onde se espera que equipas desta conferência fiquem de fora dos playoffs com registos melhores do que algumas equipas da conferência Este que conseguirão marcar presença nos playoffs, como de resto já é habitual.

Muitas são as projeções que se tem realizado sobre quais serão as oito equipas que marcarão presença nos playoffs, e fazer previsões neste sentido nunca é certo. A época é muito longa, as lesões trazem sempre surpresas, e além disso, durante a própria época acontecem trocas que mudam completamente o cenário para algumas equipas.

Pelas trocas que se fizeram na offseason, o destaque vai para a chegada de LeBron James aos Lakers, por outro lado a saído de Kawhi Leonard dos San Antonio Spurs é outro grande motivo de destaque.

Sobre os vencedores desta conferência na época regular parece haver poucas dúvidas, com os Golden State Warriors a estarem super destacados, não só para vencer a conferência mas também o título da NBA.

De resto a luta promete ser dura, os Houston Rockets com a chegada de Carmelo Anthony prometem dar luta como na época passada, os Utah Jazz não perderam nenhuma peça importante na equipa, os OKC Thunder surpreenderam aos conseguir manter Paul George e portanto estas equipas deverão seguir para a próxima fase.

A luta será interessante nos restantes lugares, com o devido destaque para os Denver Nuggets que com a chegada de Isiah Thomas ficaram com um plantel bastante forte.
Não podemos também esquecer os Minnesota Timberwolves que conseguiram manter a base do seu plantel liderados por Jimmy Butler e Karl Anthony Towns e que à partida também deverão seguir em frente.

Uma das grandes questões da época é se os LA Lakers irão conseguir chegar aos Playoffs, com a chegada daquele que é considerado por muitos o melhor jogador da NBA, e por alguns o melhor jogador de sempre, LeBron James. Para além deste, os Lakers juntaram jogadores experientes como Rondo, Beasley ou Stephenson. Para além disso conseguiram manter os jovens e promissores jogadores como Kuzma, Ingram e Lonzo Ball.
Este plantel apresenta todas as condições para chegar aos playoffs, no entanto não sabemos como irá funcionar esta equipa com tantas mudanças de uma época para outra, mas sem dúvida que será uma das equipas a seguir.

Falamos já em 7 equipas que consideramos serem as que apresentam as maiores probabilidades de chegarem aos playoffs, no entanto são 8 os conjuntos que passarão à próxima fase, e a luta ficará bastante interessante com as equipas que restam, como por exemplo, os San Antonio Spurs, que são presença assídua nos playoffs, e com a chegada de DeRozan poderão ser uma boa surpresa, assim como os Portland Trail Blazzers que mantiveram a base da equipa que costuma chegar para fazerem uma boa época, tendo acabado a época passada no 3º lugar da conferência.

Como outsiders nesta luta aparecem os Memphis Grizzlies, os New Orleans Pelicans e até mesmo os LA Clippers, que apesar de parecer estar com menos probabilidades, podem sempre causar bastantes problemas aos “favoritos”.

Os últimos lugares parecem estar destinados às equipas que ainda estão a ser construídas com base em novos talentos, como é o caso dos Phoenix Suns, os Sacramento Kings e os Dallas Mavericks, que apesar de conseguirem Doncic e DeAndre Jordan, ainda mostram um plantel curto para esta luta.

Toda esta previsão é feita em base naquilo que são os plantéis atuais, e como já é habitual, a NBA é farta em surpresas, e alguns dos pontos aqui referidos podem fazer pouco sentido no final da época regular.

Pedro Ribeiro

Formado em Ciências da Comunicação, trabalhou como Jornalista e Assessor de Comunicação. Fã da NBA, participou em vários projetos sobre esta liga. Fundador do site www.nbaportugal.com https://twitter.com/pedrofmribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *