Alguns dos primeiros candidatos ao prémio de “Most Improved Player”.

O prémio de “Most Improved Player” é atribuído ao jogador que teve uma maior evolução em relação à temporada anterior, é por isso um dos prémios em que existem diversas previsões distintas, pois ao contrário do prémio de MVP, não existem apenas 3/4 jogadores na luta.

Decidi por isso deixar aqui a minha previsão de alguns jogadores que poderão ser candidatos ao prémio, baseado nas suas exibições nesta ainda curta temporada. De notar que esta lista não tem nenhuma ordem específica.

Jordan Poole

28ª escolha no draft de 2019, o jovem de 22 anos está a ter uma autêntica “breakout season” e é um dos mais fortes candidatos ao prémio até ao momento. Atualmente tem médias de 18.1 pontos, 3.4 assistências e 3.1 ressaltos por jogo, sendo o terceiro melhor marcador da equipa, atrás de Curry e Wiggins. É um nome que poderá facilmente sair desta lista, pois com o regresso de Klay Thompson poderá ter menos bola, e consequentemente ver as suas estatísticas descer, mas até agora tem sido uma peça surpreendente no conjunto de San Francisco.

Dejounte Murray

Com a ausência de estrelas nos Spurs, Murray têm vindo a demonstrar o seu potencial. O base de 25 anos tem sido um “all arounder” fantástico para a equipa de San Antonio, fazendo um pouco de tudo. Conhecido já pelas suas capacidades defensivas e por ter sido o jogador mais jovem da NBA a integrar uma “All Defensive Team”, o jogador tem vindo a melhorar a nível ofensivo, tanto na distribuição de jogo, como na pontuação. Atualmente tem médias de 18.9 pontos, 8.4 ressaltos, 8.1 assistências e 2.1 roubos de bola por jogo, não havendo outro jogador na NBA com estas estatísticas. É também o segundo jogador com mais triplos-duplos esta temporada, atrás do inevitável Russell Westbrook.

Miles Bridges

É, na minha opinião, um dos jogadores mais entusiasmantes da liga. Aos 23 anos, Miles Bridges é uma das principais figuras dos Hornets, que parecem bem encaminhados para um regresso aos playoffs. O jogador lidera a estatística de pontos por jogo na equipa com 20.2, juntando ainda 7.5 ressaltos. O seu poder físico e a sua capacidade de finalização tornam-no num jogador diferenciado.

Tyler Herro

Tyler Herro parece ter voltado ao seu modo “bolha”, tal como aconteceu nos playoffs de 2019. O jovem de 21 anos aumentou as suas estatísticas e com 21.5 pontos, 5.7 ressaltos e 3.7 assistências por jogo, tem sido dos melhores no conjunto dos Miami Heat esta temporada. A sua principal arma é o lançamento exterior, mas também tem vindo a melhorar significativamente no lançamento interior e na capacidade de distribuição de jogo.

Ja Morant

Mais um “presente” do draft de 2019. Eleito “Rookie of the Year” em 2020, e após uma boa temporada em 20-21, Ja Morant chega à temporada 21-22 a nível de MVP. O jogador começou o ano com números absurdos, e apesar dos mesmos já terem descido, não deixa de estar no “top 10” de candidatos a MVP após este primeiro mês de NBA. O jogador sofreu recentemente uma lesão que o pode afastar por algum tempo, mas não podia deixar de o colocar nesta lista. Será desnecessário falar dos seus atributos, quem ainda não conhece, com certeza irá conhecer no futuro, pois estamos a falar de uma das principais figuras da NBA na próxima década.

Tyresse Maxey, Andrew Wiggins, Anthony Edwards, Cole Anthony ou até mesmo Demar DeRozan são outros dos nomes que poderia colocar nesta lista, mas até ao momento, este é o meu “top 5”.

Vasco Oliveira

Fã incondicional dos San Antonio Spurs e ainda com esperanças que um dia o Kawhi volte. @vascoliveira8 no twitter

Deixe uma resposta