5 Destinos prováveis para Jimmy Butler!

Já não é novidade para ninguém que Jimmy Butler, que foi o jogador mais importante dos Minnesota Timberwolves, na época passada, está de saída da equipa. A caminho de alguns dias atrás, o All-Star  se reuniu com a Direcção dos Wolves, e informou que quer sair, já nessa ‘Offseason‘. Então, invés dos Wolves o perderem a troco de nada, será muito inteligente por parte da equipa ponderar algumas trocas equivalentes da sua Saída. Mostro agora, cinco possíveis ‘trades‘ que fariam sentido para todas as partes, Wolves/Butler/Outra Equipa, se a equipa de Minnesota não tiver nenhuma outra alternativa, a não ser a saída do jogador.

Portland Trail Blazers: Dar C.J. McCollum

Nesta ‘trade‘ poderia funcionar da mesma forma que o foi o comércio envolvendo os Spurs e Raptors, por Kawhi Leonard e DeMar DeRozan. Os Blazers não têm ido à nenhum lugar, com a dupla Lillard/McCollum, por isso devem olhar urgentemente para mudanças. No lado dos Wolves, talvez eles ainda conseguissem competir por algo nos Playoffs, se viesse um jogador com rótulo de ‘bom marcador‘, substituindo igualmente Jimmy Butler.

 

New York Knicks: Dar Frank Ntilikina, Courtney Lee, e uma pick de primeira rounda.

Uma coisa é certa: Os New York Knicks querem voltar à serem relevântes na Liga. Infelizmente, eles não conseguir alcançar esse objectivo, pensando só nas pick’s dos Draft’s. A par de Kristaps  Porzingis, o plantel da equipa de New York não mostram nada, que podem fazer pensar que irão longe. Já que Kristaps manifestou o desejo de continuar nos Knicks, seria muito bom para a equipa, se a mesma lhe desse finalmente um colega All-Star, para juntos fazerem algo fantástico na quadra. Frank Ntilikina indo parar aos Wolves, junto com Lee e uma pick, não seria um mau negócio para a equipa de Minnesota.

 

Boston Celtics: Dar Jaylen Brown e Terry Rozier 

A equipa de Minnesota é uma equipa em vanguarda,

com bons jovens. Então, essa ‘trade‘ seria um movimento que traria os seus benefícios no futuro. Pelo que temos visto, Jaylen Brown tem a chance de ser um jogador ideal nos próximos anos, e Terry Rozier é um  jogador jovem bom, que além de marcar pontos também pode ficar com a bola no campo.  É claro que pode ser difícil a equipa de Boston aceitar essa ‘trade‘, mas uma formação de Kyrie Irving, Jimmy Butler, Gordon Hayward, Jayson Tatum e Al Horford daria-lhes uma maior vantagem de ganharem a Conferência Leste.

 

 

Philadelphia 76ers: Dar Robert Covington, Dario Saric, Zhaire Smith

Os 76 estão tão perto de serem a melhor equipa da Conferência Leste, que é só necessário fazer alguns pequenos ajustes.  Eles sabem que  têm jogadores estrelas no plantel, e só precisam de algo mais. É por isso que foram atrás de  Kawhi Leonard, nessa última  agência livre. Butler é um jogador semelhante à nova estrela dos Raptors, e que pode realmente ser adquirida ao preço que a equipa de Philadelphia quiser, ao contrário do negócio de Leonard. Covington, e particularmente Saric, são jogadores sólidos que poderiam ajudar a manter a equipa de Minnesota à bom ritmo nas  próximas temporadas. E a adição de Zhaire Smith dá-lhes mais um outro bloco de construção no futuro da equipa.

 

Los Angeles Lakers: Dar Lonzo Ball e Josh Hart

Todo mundo sabe que os Lakers são a equipa n.01 a pegarem qualquer jogador, nessa agência livre, só para alcançarem os seus objectivos. Segundo os planos da equipa de Los Angeles, a ideia era conseguirem dois jogadores sonantes, nessa ‘Offseason‘. Mas só LeBron James é que aterrou na cidade, até agora. Apesar de que nessa ‘trade‘ estariam desistindo de várias promessas, o que torna difícil Magic Johnson aceitar essa negociação,  a equipa ainda teria  Kyle Kuzma, que foi o segundo jogador com a maior médias de pontos da equipa, na última época. Sem esquecer, que apesar da saída de Ball e Hart, os Lakers ainda teriam bons jogadores para fazerem qualquer coisa, como Kentavious Caldwell-Pope, Rajon Rondo, e Lance Stephenson. Resumindo, os Lakers ainda teriam muitas opções e poderiam dar aos Wolves um novo modelo para os próximos anos da equipa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *