Raptors voltam a desiludir, apenas 1 vitória em 6 jogos

Após a derrota por 114-126 contra os Boston Celtics, os canadianos mostraram-se novamente irritados com o início de temporada complicado, continuam a procurar a receita para uma solução.

“Temos de ser um pouco mais corajosos, um pouco duros e por vezes jogar feio”, disse Kyle Lowry após a segunda derrota consecutiva. “E precisamos de uma certa arrogância. Não temos arrogância agora. Não temos nada. Os adversários olham e dizem: ‘Tudo bem, vamos vencê-los’. Não é uma sensação boa. “

Embora os Celtics tenham jogado sem vários jogadores, incluindo Kemba Walker e Marcus Smart, e Toronto tenha feito um início de jogo decente, os Raptors não tiveram hipótese no final. Boston dominou o segundo período (38-14) e depois controlou, também graças aos 40 pontos de Jayson Tatum.

“Este é um território desconhecido para a maioria de nós”, disse Fred VanVleet, que liderou o campeão de 2019 com 35 pontos. “Pessoalmente, nunca fiz parte de algo assim. Mas não devemos baixar a cabeça. Ninguém tem pena de nós.”

Toronto perdeu uma liderança de dois dígitos em todas as cinco derrotas. A equipa do treinador Nick Nurse na temporada passada tinha um registo de 48-4 quando ganhava uma vantagem de dois dígitos. No momento, é principalmente o ataque que está menos bem. Com 41,2 por cento, os Raptors têm de longe a pior percentagem de lançamentos de campo da liga.

“Não existe uma receita mágica”, disse VanVleet. “Existem muitos problemas e temos de encontrar formas de os resolver.” Isso também se aplica a Pascal Siakam, cujos problemas na bolha continuaram no início da temporada. 

“Ele esteve um pouco mais agressivo hoje e veio muito para a linha de lance livre”, disse Lowry. “Ele vai continuar a trabalhar o seu caminho de volta e penso que não precisamos de nos preocupar com ele. Temos de resolver os nossos problemas, todos juntos.”

Deixe uma resposta