Porque os Lakers recusaram DeRozan

Não é segredo que DeMar DeRozan esteve muito perto dos Los Angeles Lakers no verão passado. Mas, os californianos optaram por Russell Westbrook. E, por sua vez, o base, assinou por 82 milhões de dólares ao longo de 3 anos com os Chicago Bulls.

Mas, inicialmente, o ex-jogador dos San Antonio Spurs era a primeira escolha dos californianos. LeBron James chegou a validar o seu recrutamento, segundo informações do jornalista do Yahoo Sports, Chris Haynes.

No entanto, os Lakers acabaram por mudar por um motivo específico, a duração do contrato de DeRozan. Com a chegada por “sign and trade”, os Lakers eram obrigados a oferecer-lhe um contrato de três anos.

E Los Angeles não queria essa obrigação. Porque Rob Pelinka queria absolutamente manter a flexibilidade financeira para 2023, em caso de fracasso. Assim, os Lakers, que tinham um acordo por DeMar DeRozan, não finalizaram esta operação.

Em vez disso, optaram por acelerar a chegada Westbrook. Uma grande desilusão até agora. Mas esperem, os Lakers terão essa famosa flexibilidade financeira em 2023 com o fim do contrato de Westbrook…

Deixe uma resposta