Os piores recordes da NBA

A grande maioria das pessoas associa um recorde como um momento de glória e algo positivo para um jogador, como por exemplo a época de 71-9 dos GSW, a hegemonia dos Bulls nos anos 90, o número de anéis ganhos por Phil Jackson. Enquanto há recordes que trazem prestígio a um jogador, alguns levam os jogadores a desejar que esse recorde fosse esquecido.

Apresentamos alguns dos piores recordes da NBA:

Maior número de Free Throws falhados num jogo – Andre Drummond (2015/16)

Em Janeiro de 2016, os Detroit Pistons jogavam contra os Houston Rockets que fizeram, nada mais nada menos, do que 21 faltas a Andre Drummond. Um momento “Hack-a-Drummond” que fez com que o jogador marcasse somente 13 de 36 da linha de lance livre, tendo então o recorde de 23 falhados num jogo.

Maior número de triplos falhados num jogo – Damon Stoudemire (2004/05) e James Harden (2017/18 e 2018/19)

Alguns jogadores começam a hesitar no seu lançamento quando falham alguns lançamentos, no entanto essa parte do cérebro de James Harden parece não existir. James Harden conseguiu a proeza de falhar 16 triplos num jogo por 6 (!!) vezes. Uma das vezes foi contra Orlando, onde Harden terminou com 1/17 de triplo, mas com 38 pontos, 12 assistências e 9 ressaltos.

O primeiro jogador a registar este recorde foi Damon Stoudemire, em 2005, quando estava nos Portland Trail Blazers. Este é um registo bastante interessante, pois nessa altura a média de triplos tentados de uma equipa por jogo era de 16.

Pior percentagem de Free Throws num jogo (equipa) – Detroit Pistons (2016/17)

Um resumo dessa fatídica noite dos Pistons:

Sim, leram bem, a equipa terminou com 18% de lance livre! Claro que tiveram a ajuda de Andre Drummond, que lançou 1/10 contra os Pelicans.

Pior Percentagem de FG de um jogo (equipa) e menos pontos – Chicago Bulls (1998/99)

Foi um ano difícil para os Bulls, pois Jordan tinha-se retirado e a maioria dos elementos-chave da equipa tinham saído nessa offseason. Num jogo contra os Heat, em que perderam por 33 pontos, os Bulls marcaram uns miseráveis 49 pontos em todo o jogo, com uma percentagem de lançamento de 23.4% (18/77 FG%).

Apenas tivemos em consideração o menor número de pontos desde que começaram a existir triplos (1979/80), pois o menor número de pontos de sempre foi entre os Fort Wayne Pistons e os Minneapolis Lakers, que terminou com uns espetaculares 19-18 em 1950.

Maior número de minutos sem marcar um ponto – Joel Anthony (2010/11)

Existe uma expressão na NBA que é o”Club Trillion”, é quando um jogador joga pouco tempo e não faz qualquer registo nas estatísticas. Embora isto normalmente aconteça quando um jogador está menos de 1 minuto em jogo, o presidente deste clube é Joel Anthony.

A 9 de Janeiro de 2011, num jogo entre os Miami e Portland, Joel esteve 28 minutos e 46 segundos em campo, sem ter registado qualquer ponto, ressalto, assistência, steal ou block.

A título de curiosidade, o vice presidente deste clube é Tony Snell, que não bateu o recorde por apenas 21 segundos. O Tony Snell poderá agradecer ao seu treinador esta ajuda.

Rui Leite

Viciado em NBA e adepto dos Sixers desde que um certo baixinho andou lá a espalhar magia.

Deixe uma resposta