O brilhante domínio de Durant

A meia distância é uma arte nobre. A arma associada a Michael Jordan. Um lançamento outrora glorificado e agora totalmente evitado por algumas equipas, rebaixado para segundo lugar por três pontos, pela simples razão de que 3 é melhor que 2. Renasce das cinzas todos os anos nos playoffs, quando as defesas defendem o arco e o cesto. Apenas alguns jogadores da NBA, muitas vezes os maiores talentos desta liga, ainda o usam para fazer a diferença. Entre eles, Kevin Durant.

A estrela dos Brooklyn Nets é, inclusive, referência absoluta na meia distância. Com a sua facilidade com a bola na mão e o seu tamanho, consegue chegar facilmente a esta zona intermédia a quatro, cinco ou seis metros do círculo. E ninguém pode realmente impedi-lo uma vez que ele salta para lançar desta distância.

  • Kevin Durant já fez 184 lançamentos de meia distância para 104 cestos, um sucesso de 56%
  • DeMar DeRozan, que faz da meia distância a principal arma, aponta 49% em 236 tentativas
  • Joel Embiid segue com 49% mas em 88 lançamentos
  • Marcus Morris coloca-se bem alto no ranking com os seus 48% (88 tentativas)
  • Devin Booker está em 47% (158 tentativas)
  • Shai Gilgeous-Alexander fez disto uma especialidade (46% em 93 lançamentos)
  • Jamal Murray não é mau (46% em 80 tentativas)

A diferença de sucesso entre KD e os outros continua impressionante. É uma verdadeira força para ele, mas também para os Nets, que conseguem marcar pontos sem realmente ir para o círculo. Pode, portanto, ser um trunfo importante nos playoffs. A equipa nova-iorquina também subiu bem na classificação, já que agora ocupa o quarto lugar na conferência Este sob a liderança do seu MVP.

Deixe uma resposta