Nomeações da turma de 2021 do Hall of Fame revelada!

A entrada para o Hall of Fame, é a honra máxima em qualquer desporto norte-americano. Entrar nesse grupo restrito de jogadores e treinadores, siginifica que a carreira foi diferenciada, e dessa forma fica imortalizada.

A turma de 2021 foi revelada, e nela estão muitos nomes conhecidos! Os 14 finalistas são:

Rick Adelman – O 9º treinador com mais vitórias na NBA, treinou equipas como os Portland Trail Blazers, Golden State Warriors, Sacramento Kings, Houston Rockets, e Minnesota Timberwolves. Chegou aos playoffs em 16 de 23 épocas como treinador principal. Foi treinador dos Blazers em 1990 e 1192, quando a equipa chegou às Finais. Tem um registo geral 1042-749, resultando em 58,2% percentagem de vitórias.

Chris Bosh – Bosh ganhou 2 campeonatos, foi selecionado 11 vezes para o All-Star Game, e ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2008. Terminou a carreira com 19.2 PPG e 8.5 RPG. Começou a carreira nos Toronto Raptors, e terminou nos Miami Heat onde ganhou os 2 campeonatos. Infelizmente reformou-se mais cedo do que esperava, devido a um problema de coração, no entanto, é dos jogadores mais influentes da era de 2010’s.

Michael Cooper – Cooper foi campeão 5 vezes com os Los Angeles Lakers, na era dos “Showtime Lakers”. Conhecido pelas suas proezas defensivas, foi Jogador Defensivo em 1987 e nomeado 5 vezes para All-Defensive Team.

Tim Hardaway – Hardaway jogou 13 épocas na NBA, onde marcou 15373 pontos e 7095 assistências (18º na lista de jogadores com mais assistências de sempre). Medalhista de Ouro nos Jogos Olímpicos de 2000, Tim teve também 5 seleções para o All-Star Game. Destacou-se mais quando jogou pelos Golden State Warriors e Miami Heat.

Marques Johnson – Johnson foi 5 vezes All Star, e jogou 11 épocas na NBA onde arrecadou 20.1 PPG e 7 RPG. Na NBA jogou pelos Bucks, Clippers e Warriors, tendo mais destaque nas duas primeiras equipas. Foi ainda campeão de NCAA em 1975.

Paul Pierce – Pierce foi campeão da NBA em 2008, onde ganhou o Finals MVP pelos Boston Celtics. Figura incontornável do basquetebol moderno, Pierce jogou 19 épocas na NBA, e foi All-Star 10 vezes. Na carreira, terminou a carreira com médias de 19.7 PPG e 5.6 RPG.

Bill Russell – O incontornável Bill Russell já está no Hall of Fame, mas desta vez é nomeado pelos seus serviços como Treinador. Russell foi o primeiro treinador de origem afrodescendente a treinar na NBA. Foi campeão como treinador pelos Boston Celtics por 2 vezes, em 1968 e 1969.

Ben Wallace – Wallace destacou-se pelas suas proezas defensivas, sendo Jogador Defensivo do Ano em 4 ocasiões (2002, 2003, 2005, e 2006). Além disso foi ainda campeão pelos Detroit Pistons em 2004, sendo também nomeado para o All-Star Game por 4 vezes.

Chris Webber – Webber foi nomeado para o All-Star 5 vezes, foi Rookie do Ano em 1994. Recebeu honras All-Time 1st Team em 2001 e All-Time 2nd Team em 1999, 2002 e 2003. Terminou a carreira com 20.7 PPG, 9.8 PRPG, e 4.2 AST. Jogou por várias equipas, mas destacou-se no seu tempo em Sacramento, em que pertenceu à melhor equipa que os Kings já tiveram.

Image

Jay Wright – Wright foi 2 vezes Naismhit National Coah of the Year em 2006 e 2016, 6 vezes Big East Conference Coach of the year (2006, 2009, 2014-2016. 2019). Liderou Villanova a 2 campeonatos de NCAA (2016, 2018).

Image

Leta Andrews – Leta Andrews treinou basquetebol no ensino secundário durante 50 anos, e é a detentora do maior número de vitórias em basquetebol no ensino secundário.

Image

Yolanda Griffith – Griffith foi 7 vezes nomeada para o WNBA All Star Game, 2 vezes medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos (2000, 2004) e liderou as Sacramento Monarchs a um campeonato em 2005. Além disso foi também MVP e Jogadora Defensiva do Ano em 1999.

Image

Lauren Jackson – Jackson foi 7 vezes nomeada para o All-Star Game, foi 3 vezes MVP da WNBA (2003, 2007, 2010). Ganhou 2 campeonatos em 2004 e 2010 com as Seattle Storm, e foi Finals MVP em 2010. Além disso, foi também Jogadora Defensiva do Ano em 2007. Ganhou 3 medalhas de prata em Jogos Olímpicos pela seleção nacional da Austrália.

Image

Marianne Stanley – Foi treinadora por mais de 40 anos ao nível professional e univesitário. Ganhou o campeonato de NCAA em 1985 com as Old Dominion. Foi também Treinadora do Ano na WNBA, ao serviço das Washington Mystics.

Image

João Pereira

Amor incondicional pela magia do basquetebol! Adepto de NBA e dos Miami Heat! #HEATCulture

Deixe uma resposta